Busca avançada
Ano de início
Entree

Efeito da restrição de sono durante a gravidez sobre o comportamento materno em ratas

Processo: 10/14768-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de março de 2011
Vigência (Término): 31 de agosto de 2012
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Fisiologia - Fisiologia Geral
Pesquisador responsável:Monica Levy Andersen
Beneficiário:Gabriel Natan de Souza Pires
Instituição-sede: Escola Paulista de Medicina (EPM). Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP). Campus São Paulo. São Paulo , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:98/14303-3 - Center for Sleep Studies, AP.CEPID
Assunto(s):Gravidez   Comportamento materno   Psicobiologia   Sono

Resumo

A rotina de vida moderna afeta de maneira substancial o estilo de vida da população. Devido às mudanças socioeconômicas e culturais vividas a partir da década de 70, a população feminina parece ter sido atingida mais contundentemente. A baixa qualidade de sono, bem como sua restrição, parecem interferir na relação materno-infantil e no comportamento materno de 3 maneiras interdependentes: pela fadiga materna, pela depressão pós-parto e pela alteração no padrão de liberação de hormônios importantes relacionados a este comportamento. Em roedores, o comportamento materno é estudado principalmente sob 2 óticas: comportamento materno propriamente dito e comportamento agressivo materno. Sendo assim, o objetivo do presente projeto de pesquisa será analisar os efeitos da restrição de sono sobre a relação materno-infantil por meio de testes comportamentais que avaliam o comportamento materno e o comportamento agressivo materno em ratas. Para tanto, 2 grupos de ratas Wistar grávidas serão submetidos a protocolo de restrição de sono durante os 21 dias de gravidez, enquanto outros 2 grupos serão mantidos nas gaiolas-moradia. Nos dias 2, 3 e 5 pós-parto serão realizados testes para avaliação de comportamento materno e de comportamento agressivo materno. No 5º dia pós parto será realizada a coleta de sangue para posterior dosagens hormonais de estradiol, progesterona, ocitocina, prolactina, testosterona e corticosterona. Espera-se com este projeto, observar mudanças no comportamento materno e no comportamento agressivo materno, ocasionadas pela restrição de sono e inferir sobre a importância da boa qualidade de sono durante a gravidez para a relação materno-infantil.

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
PIRES, GABRIEL N.; TUFIK, SERGIO; ANDERSEN, MONICA L. Grooming analysis algorithm: Use in the relationship between sleep deprivation and anxiety-like behavior. PROGRESS IN NEURO-PSYCHOPHARMACOLOGY & BIOLOGICAL PSYCHIATRY, v. 41, p. 6-10, MAR 5 2013. Citações Web of Science: 10.
ALVARENGA, TATHIANA APARECIDA; TUFIK, SERGIO; PIRES, GABRIEL NATAN; ANDERSEN, MONICA LEVY. Influence of food restriction on lipid profile and spontaneous glucose levels in male rats subjected to paradoxical sleep deprivation. Clinics, v. 67, n. 4, p. 375-380, 2012. Citações Web of Science: 3.
EGYDIO, FLAVIA; PIRES, GABRIEL NATAN; TUFIK, SERGIO; ANDERSEN, MONICA LEVY. Wound-healing and benzodiazepines: does sleep play a role in this relationship?. Clinics, v. 67, n. 7, p. 827-830, 2012. Citações Web of Science: 5.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.
Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.