Busca avançada
Ano de início
Entree

Proteção conferida pelo enriquecimento ambiental na ansiedade induzida por estresse: a importância da sinalização via GR, ERK e CREB no complexo amigdalóide basolateral de ratos

Processo: 10/13843-8
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de abril de 2011
Vigência (Término): 31 de março de 2013
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Farmacologia - Farmacologia Bioquímica e Molecular
Pesquisador responsável:Carolina Demarchi Munhoz
Beneficiário:Leonardo Santana Novaes
Instituição-sede: Instituto de Ciências Biomédicas (ICB). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Ansiedade   Estresse em animal   Enriquecimento ambiental

Resumo

O enriquecimento ambiental (EE) é um modelo experimental capaz de aumentar os estímulos sensórios, motores e sociais de animais em relação aos animais criados em condições padrão. Dentre os benefícios conferidos pelo EE estão a melhora no aprendizado e na formação de memória hipocampo-dependentes e no desempenho de tarefas motoras; e redução de manifestações comportamentais relacionadas à ansiedade. Neste último caso, o EE tem sido apontado como fator protetor contra distúrbios emocionais induzidos por estresse. Embora evidências sugiram que a neurogênese, reconfiguração sináptica e alterações na árvore dendrítica (principalmente no hipocampo e na amígdala) estejam envolvidas no estabelecimento de desordens afetivas relacionadas ao estresse, a relação entre o estresse, a ansiedade e o os mecanismos através dos quais o EE exerce seu papel protetor se mostra pouco conclusiva. Em relação ao estresse e seus efeitos sobre a ansiedade, diversos trabalhos apontam para a importância da sinalização via glicoreceptores (GR e MR) como fator chave para o entendimento desse processo. Dentre os elementos de sua via de sinalização encontram-se o NF kappa-B, a proteína de ligação ao elemento de resposta ao cAMP (CREB), o fator neurotrófico derivado do cérebro (BDNF) e a e a proteína quinase AKT. Em estudo prévio (não publicado) realizado em nosso laboratório, mostramos que o hipocampo e o complexo basolateral da amígdala sofreram modificação no padrão de expressão dos GR e MR, sugerindo uma modulação em âmbito molecular de sua sinalização. Assim, neste projeto, proposmos analisar os mecanismos através dos quais o EE promove seu efeito protetor à ansiedade induzida por estresse. Enfocaremos nossa análise na modulação da expressão dos receptores MR e GR nas células do BLA e do hipocampo, bem como na ativação das vias AKT-CREB-BDNF, em processos como neurogênese, sinaptogênese e longevidade neuronal, comumente relacionados à proteção contra transtornos afetivos. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
NOVAES, LEONARDO SANTANA; DOS SANTOS, NILTON BARRETO; DRAGUNAS, GUILHERME; PERFETTO, JULIANO GENARO; CARLOS LEZA, JUAN; SCAVONE, CRISTOFORO; MUNHOZ, CAROLINA DEMARCHI. Repeated Restraint Stress Decreases Na,K-ATPase Activity via Oxidative and Nitrosative Damage in the Frontal Cortex of Rats. Neuroscience, v. 393, p. 273-283, NOV 21 2018. Citações Web of Science: 3.
NOVAES, LEONARDO S.; DOS SANTOS, NILTON BARRETO; BATALHOTE, RAFAELA F. P.; MALTA, MARILIA BRINATI; CAMARINI, ROSANA; SCAVONE, CRISTOFORO; MUNHOZ, CAROLINA DEMARCHI. Environmental enrichment protects against stress-induced anxiety: Role of glucocorticoid receptor, ERK, and CREB signaling in the basolateral amygdala. Neuropharmacology, v. 113, n. A, p. 457-466, FEB 2017. Citações Web of Science: 20.
Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
NOVAES, Leonardo Santana. Proteção conferida pelo enriquecimento ambiental na ansiedade induzida por estresse: a importância da sinalização via GR, ERK e CREB no complexo amigdalóide basolateral de ratos.. 2013. Dissertação de Mestrado - Universidade de São Paulo (USP). Instituto de Ciências Biomédicas São Paulo.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.
Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.