Busca avançada
Ano de início
Entree

Poluentes atmosféricos e óbitos por doenças cardiovasculares em indivíduos com 50 anos ou mais: estudo de série temporal

Processo: 10/20076-3
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de abril de 2011
Vigência (Término): 31 de março de 2012
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Saúde Coletiva - Saúde Pública
Pesquisador responsável:Luiz Fernando Costa Nascimento
Beneficiário:Camila Trolez Amancio
Instituição-sede: Instituto Básico de Biociências (IBB). Universidade de Taubaté (UNITAU). Taubaté , SP, Brasil
Assunto(s):Poluição do ar   Doenças cardiovasculares   Mortalidade   Epidemiologia

Resumo

Diversos estudos têm encontrado associações significantes entre exposição a poluentes ambientais e efeitos danosos na saúde da população, sendo importante fator causal para admissões hospitalares e mortalidade. Quanto à mortalidade, foi evidenciado que poluentes atmosféricos aumentam o risco para óbito por doenças cardiovasculares. Desta maneira, o objetivo desse estudo será estimar a associação entre exposição aos poluentes ambientais material particulado, dióxido de enxofre e ozônio e óbitos por doenças cardiovasculares em indivíduos com 50 anos ou mais, na cidade de São José dos Campos-SP. Trata-se de um estudo ecológico de séries temporais, referente ao período de 01/01/2003 a 31/12/2007. Serão utilizados dados de óbitos por doenças cardiovasculares (CID 10: I 20- I25, I10,I11,I15, I60- I69)referentes a indivíduos com idade de 50 anos ou mais, residentes do município de São José dos Campos, que serão obtidos do Sistema de Informações de Mortalidade (SIM). Os dados dos níveis dos poluentes serão obtidos da Companhia de Tecnologia de Saneamento Ambiental (CETESB) e os dados de temperatura e umidade serão obtidos da Fundação de Ciência, Aplicações e Tecnologia Espaciais (FUNCATE). Será criado um banco de dados com as informações relativas aos óbitos por doenças cardiovasculares, aos níveis dos poluentes ambientais e à temperatura e umidade. Como se acredita que há um efeito de defasagem em relação à exposição ao poluente ambiental, serão construídos modelos de defasagem distribuídos de zero a sete dias após a exposição. Desse modo, a análise estatística a ser empregada será a Regressão de Poisson e o programa utilizado será o "R". (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
AMANCIO, C. T.; NASCIMENTO, L. F. C. Association of sulfur dioxide exposure with circulatory system deaths in a medium-sized city in Brazil. Brazilian Journal of Medical and Biological Research, v. 45, n. 11, p. 1080-1085, NOV 2012. Citações Web of Science: 7.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.