Busca avançada
Ano de início
Entree

Papel de linfócitos Th17 e T reguladores CD4+CD25+FOXP3+ durante a infecção experimental por Leishmania infantum chagasi

Processo: 10/14170-7
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de março de 2011
Vigência (Término): 29 de fevereiro de 2012
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Imunologia - Imunologia Celular
Pesquisador responsável:João Santana da Silva
Beneficiário:Manuela Sales Lima Nascimento
Instituição-sede: Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto (FMRP). Universidade de São Paulo (USP). Ribeirão Preto , SP, Brasil
Assunto(s):Linfócitos T reguladores   Células Th17   Leishmaniose visceral

Resumo

As leishmanioses constituem um espectro de doenças causadas por protozoários do gênero Leishmania, o qual inclui diversas espécies responsáveis por diferentes formas da doença. Dentre as espécies descritas como causadoras de leishmaniose humana e animal, a Leishmania infantum chagasi (Lic) é o agente etiológico da leishmaniose visceral no Brasil, a qual apresenta um amplo espectro de perfis sintomatológicos. A proteção à doença está relacionada à resposta imune de padrão Th1, a qual promove a eliminação dos parasitos intracelulares. Por outro lado, a presença de células T reguladoras (CD4+CD25+FOXP3+) tem sido demonstrada ter um relevante papel no controle da resposta contra parasitos do gênero Leishmania, por suprimir as funções efetoras dos linfócitos Th1 e, dessa forma, favorecer a sobrevivência dos parasitos. Na última década, foi identificada uma nova subpopulação de linfócitos TCD4+ produtores de IL-17, comumente conhecidos como Th17. Apesar dos diversos trabalhos demonstrarem sua importância na defesa do hospedeiro contra diversos patógenos, o papel deste subtipo celular na infecção por Leishmania sp, e no caso específico da infecção por Lic, ainda não foi investigado. Dessa forma, o presente projeto tem como objetivo determinar o papel de células Th17 e T reguladoras na infecção experimental por Lic e caracterizar os mecanismos desencadeados que possam levar à diferenciação dessas subpopulações celulares. Nós acreditamos que o esclarecimento dos mecanismos que levam a diferentes pólos da resposta imune durante a leishmaniose visceral poderá auxiliar no desenvolvimento de novas intervenções terapêuticas mais fiáveis as quais protegem o hospedeiro das patogenias induzidas pelo parasito.

Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
NASCIMENTO, Manuela Sales Lima. Papel de linfócitos Th17 durante a infecção experimental por Leishmania infantum/chagasi. 2012. Dissertação de Mestrado - Universidade de São Paulo (USP). Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto Ribeirão Preto.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.