Busca avançada
Ano de início
Entree

Participação de ativina a em carcinomas espinocelulares orais

Processo: 10/52541-7
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de março de 2011
Vigência (Término): 28 de fevereiro de 2013
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Odontologia
Pesquisador responsável:Ricardo Della Coletta
Beneficiário:Andreia Bufalino
Instituição-sede: Faculdade de Odontologia de Piracicaba (FOP). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Piracicaba , SP, Brasil
Assunto(s):Prognóstico   Biomarcadores

Resumo

O carcinoma espinocelular (CEC) oral é a neoplasia maligna mais comum nesta região e os pacientes acometidos por esta malignidade apresentam prognóstico sombrio e taxa de sobrevida reduzida. Portanto a busca por um melhor conhecimento dos eventos genéticos e biológicos que estão associados à tumorigênese oral, bem como a identificação de biomarcadores que possam contribuir para o diagnóstico e tratamento de pacientes com este tumor, é intensa. Estudando a influência do estroma na tumorigênese oral, nós recentemente identificamos ativina A como uma molécula que pode ter participação importante na progressão do CEC oral. Ativinas são glicoproteínas diméricas pertencentes à superfamília do fator de crescimento transformante-beta (TGF-ß). O exato papel deste fator de crescimento na progressão tumoral ainda não este bem esclarecido, no entanto, sua expressão aumentada tem sido amplamente observada em vários tipos de cânceres. Os estudos envolvendo ativina A em Cesp orais são escassos, mas apontam para uma associação com baixos índices de sobrevida. O objetivo deste estudo é compreender o papel biológico de ativina A no câncer ora. Para tanto, nós pretendemos avaliar os efeitos da super-expressão e da neutralização de ativina A na modulação dos principais eventos biológicos associados ao fenótipo das células tumorais e determinar o valor prognóstico desta proteína para pacientes afetados por CEC oral. (AU)

Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
BUFALINO, Andreia. Ativina A regula eventos importantes para a tumorigênese oral e é um fator prognóstico de sobrevida livre de doença para pacientes com carcinoma espinocelular oral. 2013. Tese de Doutorado - Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Faculdade de Odontologia de Piracicaba.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.