Busca avançada
Ano de início
Entree

ANALISE GENÉTICA, ESPECTROSCÓPICA E ULTRAESTRUTURAL DE FIBROPAPILOMA DE Chelonia mydas.

Processo: 10/18976-6
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de fevereiro de 2011
Vigência (Término): 31 de dezembro de 2011
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Biologia Geral
Pesquisador responsável:Cristina Pacheco Soares
Beneficiário:Samara Maftoum Costa
Instituição-sede: Instituto de Pesquisa e Desenvolvimento (IP&D). Universidade do Vale do Paraíba (UNIVAP). São José dos Campos , SP, Brasil
Assunto(s):Espectroscopia Raman   Cultura de células   Microscopia eletrônica   Reação em cadeia por polimerase (PCR)

Resumo

A tartaruga verde (Chelonia mydas) é a maior tartaruga com carapaça rígida. Ela apresenta uma ampla distribuição, ocorrendo na maior parte dos mares tropicais e subtropicais, perto de costas ou envolta de ilhas. A União Internacional de Conservação da Natureza considera a tartaruga verde uma espécie "em perigo". A existência dessa espécie vem sendo comprometida devido a exploração de seus ovos e carne, destruição de habitat pela poluição e desenvolvimento humano e a predisposição para contrair fibropapilomatose (FP). FP é uma doença caracterizada por múltiplos tumores na epiderme das tartarugas verdes que pode interferir as atividades necessárias para sobrevivência. Descoberta em 1958, a doença foi documentada como sendo de rara ocorrência. Entretanto, nas últimas duas décadas a doença tem mostrado um aumento na freqüência e também a infecção de outras espécies. Hoje, a via de transmissão continua desconhecida. Pesquisas vêm mostrando uma correlação entre o aparecimento da FP e um herpesvirus chamado Chelonid Fribropapillomatosis-Associated Herpesvirus (CPHV). A proposta desse projeto é estudar a conexão entre CPHV e metais pesados com a FP na região de Ubatuba-SP.