Busca avançada
Ano de início
Entree

Avaliação da resistência relativa à aderência entre o concreto e a espécie Bambusa vulgaris disponível na região de Ilha Solteira

Processo: 10/19858-7
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de janeiro de 2011
Vigência (Término): 30 de novembro de 2012
Área do conhecimento:Engenharias - Engenharia Civil - Construção Civil
Pesquisador responsável:José Luiz Pinheiro Melges
Beneficiário:Fernando Henrique Santana Gilio
Instituição-sede: Faculdade de Engenharia (FEIS). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Ilha Solteira. Ilha Solteira , SP, Brasil
Assunto(s):Sustentabilidade   Concreto   Bambu   Materiais de construção sustentáveis   Ilha Solteira (SP)

Resumo

Em função da preocupação com as alterações ambientais que vêm ocorrendo em nosso planeta e com o uso abusivo dos recursos naturais, sendo que muitos não são renováveis, é vital, para a sobrevivência do ser humano, a busca por novos materiais. Conforme vários autores, o bambu é uma planta tipicamente tropical, perene e renovável, sendo, portanto, uma fonte ecologicamente correta de matéria prima, um excelente seqüestrador de carbono e um material que pode ser usado na construção civil em função de suas adequadas características mecânicas. No entanto, como conseqüências de ser um material orgânico e higroscópico, o bambu apresenta uma grande variação de resistência e, quando associado ao concreto, possui a desvantagem de absorver água do mesmo, inchando e podendo provocar fissuras; após o período de cura, com o concreto já endurecido, o bambu diminui de volume, o que pode prejudicar a sua aderência com o mesmo. Com isso, diversos tratamentos de impermeabilização vêm sendo estudados para diminuir a absorção. Além do uso de tratamentos impermeabilizantes superficiais, é necessário garantir a aderência entre o concreto e o bambu, de modo a poder considerá-lo como sendo um elemento que possa substituir parcialmente ou integralmente a armadura no elemento estrutural de concreto armado. O objetivo deste trabalho é quantificar a tensão de aderência entre o concreto e bambu da espécie Bambusa vulgaris, disponível na cidade de Ilha Solteira, por meio de ensaios de arrancamento. Esses ensaios representam o comportamento do bambu como sendo o elemento tracionado na estrutura de concreto armado. Serão utilizados corpos de prova com tratamento superficial impermeabilizante, sem e com pinos de aço cuja função será a de melhorar a aderência entre os materiais. Futuramente, pretende-se que os parâmetros obtidos nesta pesquisa sejam usados no estudo de lajes pré-moldadas treliçadas, onde o bambu poderá ser usado como um complemento à armadura treliçada, visando aumentar e resistência e a rigidez da laje.

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)