Busca avançada
Ano de início
Entree

Desenvolvimento embrionário do camarão-da-amazônia Macrobrachium amazonicum (Heller, 1862) (Crustacea, Decapoda, Palaemonidae)

Processo: 10/14576-3
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de março de 2011
Vigência (Término): 29 de fevereiro de 2012
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Morfologia - Embriologia
Pesquisador responsável:Irene Bastos Franceschini Vicentini
Beneficiário:Ángel Andrés Arias Vigoya
Instituição-sede: Faculdade de Ciências (FC). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Bauru. Bauru , SP, Brasil
Assunto(s):Decapoda   Embriogênese   Histologia animal   Morfologia animal

Resumo

O desenvolvimento embrionário nos crustáceos decápodes exibe uma ampla diversidade de padrões, não obstante, estudos detalhados que descrevem as distintas etapas do desenvolvimento embrionário de várias espécies do gênero Macrobrachium ainda não foram desenvolvidos, incluindo o camarão-da-amazônia, Macrobrachium amazonicum. Será realizado um estudo com o objetivo de estabelecer os estágios do desenvolvimento embrionário desta espécie, com ênfase na análise das características morfológicas. Serão usados 10 aquários com volume de 80 litros, acoplados a filtros biológicos, e sob condições controladas de aeração, temperatura, salinidade e fotoperíodo. As fêmeas ovígeras serão monitoradas diariamente para retirada de amostras de 10 ovos. A embriogênese será caracterizada pelo sistema de estagiamento diário. Os ovos serão analisados sob estereomicroscópio e microscópio de luz, em duas fases de coleta, a primeira a cada 24 horas, para padronização da embriogênese, e a segunda a cada 2 horas, com enfoque específico aos períodos anteriores que exibiram intensas alterações morfológicas. Os ovos serão fixados em solução de Bouin alcoólico e conservados posteriormente em álcool 70%. As amostras serão incluídas em historesina, seccionadas (cortes de 3 micras) e coradas com azul de toluidina e Hematoxilina/Eosina. A análise e fotodocumentação serão realizadas em fotomicroscópio Olympus BX50. O indice de Perkins será estimado e serão feitas medições biométricas de ovos e embriões, com a utilização de ocular micrométrica. (AU)

Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
VIGOYA, Ángel Andrés Arias. Desenvolvimento embrionário do camarão-da-amazônia Macrobrachium amazonicum (Heller, 1862) (Crustacea, Decapoda, Palaemonidae). 2012. 112 f. Dissertação de Mestrado - Universidade Estadual Paulista. Centro de Aquicultura. Jaboticabal.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.
Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.