Busca avançada
Ano de início
Entree

Interação entre substâncias húmicas e íons cromo e proposta de um indicador de matéria orgânica lábil

Processo: 10/13879-2
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de março de 2011
Vigência (Término): 31 de maio de 2013
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Química - Química Analítica
Pesquisador responsável:Márcia Cristina Bisinoti
Beneficiário:Amanda Maria Tadini
Instituição-sede: Instituto de Biociências, Letras e Ciências Exatas (IBILCE). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de São José do Rio Preto. São José do Rio Preto , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:05/51242-8 - Emprego de indicadores de qualidade de água e outras ferramentas de gestão ambiental para avaliar o efeito das atividades antrópicas sobre os rios Preto, Turvo e Grande na região de São José do Rio Preto, AP.JP
Bolsa(s) vinculada(s):12/06403-7 - Caracterização das substâncias húmicas aquáticas extraídas do Rio Preto, BE.EP.MS
Assunto(s):Substâncias húmicas   Íons   Peróxido de hidrogênio   Matéria orgânica   Ambiente aquático

Resumo

Neste trabalho será avaliada a capacidade de complexação das substâncias húmicas aquáticas extraídas do Rio Preto com as espécies Cr+3 e Cr+6, bem como avaliar o emprego da cinética de consumo de peróxido de hidrogênio como um indicador da labilidade e/ou recalcitrância da matéria orgânica natural presente em um recurso hídrico. Para isto, serão realizadas coletas mensais de amostras de água durante um período de 12 meses, completando um ciclo hidrológico, na Represa Municipal de São José do Rio Preto para o estudo da cinética de consumo de peróxido de hidrogênio. Para os estudos de capacidade de complexação de íons cromo com substâncias húmicas aquáticas (SHA) serão coletadas amostras de água superficial (em volume suficiente para se obter quantidade suficiente de SHA, aproximadamente 400 L) do rio Preto em dois períodos distintos: uma no período de menor pluviosidade (maio a agosto) e a outra no período de maior índice pluviométrico (dezembro a março). Em seguida, as SHA serão extraídas empregando o método proposto pela Sociedade Internacional de Substâncias Húmicas (IHSS). As SHA serão fracionadas em diferentes tamanhos (10, 30, 50 e 100 kDA) segundo o método proposto por Burba e colaboradores (2001). A quantificação de cromo total será feita empregando um Espectrofotômetro de Absorção Atômica com Atomização por Forno de Grafite com corretor Zeeman GFAAS. A quantificação de cromo hexavalente será feita empregando o método da difenilcarbazida por Espectrofotometria de UV/Vis. A avaliação da capacidade de complexação das SHA com os íons Cr+3 e Cr+6 será feita empregando o Sistema de Ultrafiltração com Fluxo Tangencial e a quantificação do metal livre será realizada após cada adição de metal em intervalos de tempo pré-definidos após estudos do tempo de complexação. Os resultados gerados neste trabalho serão relevantes para gerar resultados inéditos na região que permitirão avaliar dinâmica de íons cromo na região. Também pretende-se contribuir com a proposta de um indicador de labilidade de matéria orgânica, que poderá ser empregado como uma ferramenta para estudos que avaliam o papel da matéria orgânica em ambientes aquáticos em todas as regiões do mundo. (AU)

Publicações científicas (5)
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
TADINI, A. M.; CONSTANTINO, I. C.; NUZZO, A.; SPACCINI, R.; PICCOLO, A.; MOREIRA, A. B.; BISINOTI, M. C. Characterization of typical aquatic humic substances in areas of sugarcane cultivation in Brazil using tetramethylammonium hydroxide thermochemolysis. Science of The Total Environment, v. 518, p. 201-208, JUN 15 2015. Citações Web of Science: 5.
TADINI, AMANDA MARIA; PANTANO, GLAUCIA; DE TOFFOLI, ANA LUCIA; FONTAINE, BARBARA; SPACCINI, RICCARDO; PICCOLO, ALESSANDRO; MOREIRA, ALTAIR BENEDITO; BISINOTI, MARCIA CRISTINA. Off-line TMAH-GC/MS and NMR characterization of humic substances extracted from river sediments of northwestern Sao Paulo under different soil uses. Science of The Total Environment, v. 506, p. 234-240, FEB 15 2015. Citações Web of Science: 8.
PANTANO, GLAUCIA; TADINI, AMANDA MARIA; BISINOTI, MARCIA CRISTINA; MOREIRA, ALTAIR BENEDITO. Seasonal variability of a conditional stability constant and the characterization of sedimentary humic substances from typical agricultural and urban areas. Journal of Soils and Sediments, v. 14, n. 2, p. 385-393, FEB 2014. Citações Web of Science: 1.
TADINI, AMANDA M.; MOREIRA, ALTAIR B.; BISINOTI, MARCIA C. Fractionation of Aquatic Humic Substances and Dynamic of Chromium Species in an Aquatic Body Influenced by Sugarcane Cultivation. Journal of the Brazilian Chemical Society, v. 25, n. 1, p. 119-125, JAN 2014. Citações Web of Science: 2.
TADINI, AMANDA M.; CAMPANHA, MARIELE B.; MOREIRA, ALTAIR B.; BISINOTI, MARCIA C. Copper(II) and Nickel (II) Complexation Capacity of Dissolved Organic Matter from Rivers of Agricultural and Urban Areas in the State of Sao Paulo. Journal of the Brazilian Chemical Society, v. 24, n. 11, p. 1789-1797, NOV 2013. Citações Web of Science: 2.
Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
TADINI, Amanda Maria. Substâncias húmicas aquáticas : caracterização e interação com íons crômio e proposta de um indicador de matéria orgânica lábil. 2013. 128 f. Dissertação de Mestrado - Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho" Instituto de Biociencias, Letras e Ciencias Exatas..

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.