Busca avançada
Ano de início
Entree

Análise do perfil das proteínas MAGE A3, p53, MDM2 e KAP-1 na identificação de malignidade e na caracterização de lesões tiroidianas de padrão folicular

Processo: 10/11769-5
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de março de 2011
Vigência (Término): 31 de julho de 2012
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina - Clínica Médica
Pesquisador responsável:Laura Sterian
Beneficiário:Mariana Bonjiorno Martins
Instituição-sede: Faculdade de Ciências Médicas (FCM). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Assunto(s):Endocrinologia   Neoplasias da glândula tireoide   Imuno-histoquímica   Expressão de proteínas

Resumo

O câncer diferenciado da tiróide (CDT) é caracterizado por sua variedade clínica e patológica. Embora seja relativamente raro, constitui um verdadeiro problema de saúde pública dada à elevada prevalência de nódulos na população. Por outro lado, embora a maior parte dos CDT tenha boa evolução, é essencial identificarmos os casos de maior risco. Por causa disso, muitos pacientes recebem um tratamento excessivo, além de desnecessário, enquanto outros pacientes, que se beneficiariam de intervenções mais agressivas ou das novas terapias moleculares demoram para serem reconhecidos. Assim, o estudo de marcadores de diagnóstico e de prognóstico é imperativo. Para tanto, existem diversas proteínas que têm sido demonstradas como diferencialmente expressas em pacientes com câncer. Este trabalho tem como objetivo estudar o perfil protéico do antígeno MAGE A3, p53, MDM2 e KAP1 em pacientes com câncer diferenciado da tiróide verificando suas possíveis utilidades como marcadores de diagnóstico e prognóstico, a fim de contribuir para a identificação de diferentes cânceres de tiróide, o que pode levar a novas estratégias de tratamento.

Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.