Busca avançada
Ano de início
Entree

Desigualdades sociais na saúde da população idosa na região metropolitana de Campinas

Processo: 10/14740-8
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de março de 2011
Vigência (Término): 31 de agosto de 2012
Área do conhecimento:Ciências Sociais Aplicadas - Demografia
Pesquisador responsável:Tirza Aidar
Beneficiário:Viviane Lazari Simomura
Instituição-sede: Núcleo de Estudos da População (NEPO). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Assunto(s):Determinantes sociais da saúde   Mortalidade   Doença crônica   Envelhecimento   Indicadores de morbimortalidade

Resumo

O cenário demográfico brasileiro atual está caracterizado pela transição da estrutura etária, com a diminuição da participação dos menores de 10 anos e aumento da participação dos idosos. Novos desafios devem ser enfrentados, principalmente nos setores ligados à saúde, pois os padrões de morbidade e mortalidade da população dependem fortemente se sua estrutura etária, além, é claro, de fatores históricos, culturais, políticos e socioeconômicos. A pesquisa objetiva estudar as condições de saúde de adultos e idosos e associações com fatores e desigualdades sociais, considerando a dinâmica demográfica e transição epidemiológica num contexto de concentração urbana e desenvolvimento tecnológico. A proposta é parte de projeto intitulado "Saúde e Desigualdades na Região Metropolitana de Campinas (RMC)", coordenado por Tirza Aidar, com apoio do CNPq. Análises já desenvolvidas indicam que, apesar do alto grau de desenvolvimento regional, os diferenciais intra-urbanos e intermunicipais das condições de saúde da população residente na RMC permanecem, sendo maiores para a população com mais de 45 anos que para as crianças. Além de levantamento bibliográfico sobre saúde dos idosos e prevalência de doenças crônico-degenerativas, serão analisadas informações sobre causas de morte das Declarações de Óbitos (DO), georeferenciadas segundo endereço de residência; dados populacionais levantados pelos Censos Demográficos de 2000 e 2010 (IBGE); e indicadores sobre vulnerabilidade social construídos em projetos desenvolvidos no NEPO/Unicamp. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)

Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
. Desigualdades sociais na saúde da população idosa na Região Metropolitana de Campinas. 2013. Dissertação de Mestrado - Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Instituto de Filosofia e Ciências Humanas.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.