Busca avançada
Ano de início
Entree

Impacto do Programa Bolsa Família sobre a aquisição de alimentos em famílias brasileiras de baixa renda

Processo: 10/17080-9
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de janeiro de 2011
Vigência (Término): 31 de janeiro de 2013
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Saúde Coletiva - Epidemiologia
Pesquisador responsável:Carlos Augusto Monteiro
Beneficiário:Ana Paula Bortoletto Martins
Instituição-sede: Faculdade de Saúde Pública (FSP). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo, SP, Brasil
Assunto(s):Transferência de renda   Políticas públicas   Assistência à família

Resumo

Introdução: diante do atual quadro epidemiológico no Brasil, a desigualdade de renda apresenta-se como um dos fatores que contribuem para o agravamento da situação de saúde da população. Os Programas de Transferência Condicionada de Renda têm o potencial de contribuir para a redução desse cenário. Objetivos: caracterizar a aquisição de alimentos de famílias de baixa renda beneficiárias de programas de transferência de renda. Avaliar a influência do Programa Bolsa Família sobre a disponibilidade domiciliar de alimentos em 2008 nas famílias de baixa renda no Brasil. Métodos: serão utilizados os dados coletados pela POF realizada pelo IBGE entre 19 de maio de 2008 e 31 de maio de 2009 em uma amostra probabilística de 56.498 domicílios, a partir de uma amostragem complexa e representativa da população brasileira. Serão analisados os registros de aquisições de alimentos e bebidas para consumo domiciliar anotados em uma caderneta pelos próprios moradores dos domicílios durante sete dias consecutivos. Agregados de domicílios, que fazem parte ou não do Programa Bolsa Família, serão utilizados como unidade de estudo. Os registros dos alimentos adquiridos por família, depois de convertidos para energia, serão reunidos nos grupos: cereais, leguminosas, farinha de mandioca, tubérculos e raízes, carnes, leite e derivados, frutas, verduras, óleos e gorduras, açúcares, alimentos processados, e outros alimentos. Para avaliar a participação nos programas de transferência de renda afeta a aquisição domiciliar de alimentos serão realizados modelos de regressão linear múltiplos tendo como variável resposta a diferença entre a aquisição per capita de calorias entre os agrupamentos de domicílios (intervenção ou controle). Como variáveis de ajuste serão utilizadas características como a distribuição geográfica e as diferenças entre os agrupamentos de renda mensal per capita, a escolaridade média dos adultos além da porcentagem do gasto total com alimentos realizado fora de casa. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Cinco doutorados realizados com apoio da FAPESP receberão Prêmio Capes de Tese 
Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.