Busca avançada
Ano de início
Entree

Filogeografia do tubarão raposa Alopias superciliosus, espécie pelágica do Atlântico, utilizando marcadores genéticos moleculares

Processo: 10/14116-2
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de março de 2011
Vigência (Término): 31 de julho de 2012
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Genética - Genética Animal
Pesquisador responsável:Fausto Foresti
Beneficiário:Millke Jasmine Arminini Morales
Instituição-sede: Instituto de Biociências (IBB). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Botucatu. Botucatu , SP, Brasil
Assunto(s):Tubarões   Variação genética   Marcador molecular

Resumo

Até poucas décadas atrás a captura de tubarões era considerada apenas como incidental e sem efeitos significativos para as suas populações. No entanto, principalmente devido ao grande aumento no valor das nadadeiras no mercado asiático e ao declínio das populações de peixes mais tradicionais para o consumo humano, os tubarões passaram a ser alvos da pesca em praticamente todo o mundo. Apresentando crescimento lento, maturação tardia e baixas taxas reprodutivas, estes peixes são especialmente suscetíveis à pesca de larga escala, que tem levado diversas populações a níveis críticos de exploração, sendo constante a inclusão de novas espécies nas listas de risco iminente de extinção. Entre os tubarões mais explorados, as espécies pelágicas apresentam uma maior complexidade na avaliação e monitoria de suas populações devido à sua distribuição abrangendo vastas áreas geográficas. Destas, a espécie conhecida como tubarão-raposa Alopias superciliosus, com ocorrência circunglobal, está entre as principais espécies de tubarões que apresentam fortes sinais de esgotamento populacional, sendo que providências e avaliações que viabilizem o manejo adequado e controlado da pesca ainda permanecem inconsistentes. Estudos relacionados à estruturação genética populacional de peixes têm contribuído substancialmente para a elucidação de questões como a variabilidade genética, distribuição geográfica, padrões de migração, estoques reprodutivos, taxonomia, sistemática e eventos históricos. Tais aspectos são especialmente relevantes para o setor pesqueiro, fornecendo subsídios para o manejo e conservação dos estoques. Considerando a urgente necessidade de controle sustentável da pesca, dificultada principalmente pela falta de informações, este estudo buscará caracterizar a estrutura genética populacional da espécie de tubarão pelágico Alopias superciliosus no Oceano Atlântico, utilizando marcadores genéticos moleculares do tipo de seqüências da região controladora do DNA mitocondrial e do gene ribossomal 16S; se possível, também serão utilizados marcadores do tipo microsatélite, para determinar a provável existência de populações com distinção geográfica e, por conseguinte, de estoques pesqueiros diferenciados. Considera-se que tais informações poderão servir de subsídio para o melhor ordenamento da pesca e para o estabelecimento de programas de manejo e conservação desta espécie.

Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
MORALES, Millke Jasmine Arminini. Análise genética do tubarão-raposa Alopias superciliosus no Oceano Atlântico, utilizando região controle do DNA mitocondrial. 2012. 51 f. Dissertação de Mestrado - Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho". Instituto de Biociências..

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.