Busca avançada
Ano de início
Entree

Identificação de expressões faciais emocionais em pacientes com epilepsia do lobo temporal mesial

Processo: 10/14088-9
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de março de 2011
Vigência (Término): 30 de setembro de 2012
Área do conhecimento:Ciências Humanas - Psicologia - Psicologia Fisiológica
Pesquisador responsável:Orlando Francisco Amodeo Bueno
Beneficiário:Leo Heikiti Maeda Arruda
Instituição-sede: Escola Paulista de Medicina (EPM). Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP). Campus São Paulo. São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Psicobiologia   Tonsila do cerebelo   Esclerose hipocampal   Epilepsia do lobo temporal   Expressão facial

Resumo

Introdução: diversos estudos relatam um déficit na capacidade de identificação de expressões faciais emocionais em pacientes com epilepsia do lobo temporal mesial (ELTM) com esclerose hipocampal (EH), especialmente expressões de medo. Estudos de lesões na amígdala, tanto bilaterais quanto unilaterais, também mostraram este déficit e o associaram à diminuição de fixações oculares espontâneas na região dos olhos, importantes para a discriminação entre expressões. Há relatos também de que a instrução para fixação dos olhos na região dos olhos dos rostos-estímulo melhora a identificação de expressões faciais em pacientes com lesões da amígdala, que são freqüentes em pacientes com ELTM-EH. Objetivo: o presente estudo tem como objetivo estudar o déficit de identificação de expressões emocionais em pacientes com ELTM-EH em relação a sujeitos controle e verificar eventuais alterações no padrão de fixação ocular durante essa identificação, bem como na condição com a instrução de fixar o olhar na região dos olhos dos rostos-estímulo. O teste de identificação de expressões faciais será repetido com instrução de fixação do olhar na região dos olhos de modo a determinar se isso altera o padrão de identificação de expressões faciais nesses pacientes em relação aos indivíduos controle. Método: trinta sujeitos com ELTM-EH e trinta sujeitos controle pareados por idade, sexo e escolaridade, serão submetidos a testes neuropsicológicos para determinar o status cognitivo dos sujeitos e realizarão um teste de identificação de expressões faciais com registro simultâneo de movimentos oculares. Perspectivas: o presente estudo contribuirá para a caracterização dos sintomas cognitivos e emocionais da ELTM-EH, examinando possíveis alterações no padrão de identificação de expressões faciais emocionais e suas relações com a movimentação ocular nesta tarefa. Caso a instrução de fixação do olhar na região dos olhos dos estímulos melhorar a identificação de expressões faciais, esse poderá constituir um protocolo de reabilitação desse tipo de paciente. Perspectivas: o presente estudo contribuirá para a caracterização dos sintomas cognitivos e emocionais da ELTM-EH, examinando possíveis alterações no padrão de identificação de expressões faciais emocionais e suas relações com a movimentação ocular nesta tarefa. Caso a instrução de fixação do olhar na região dos olhos dos estímulos melhorar a identificação de expressões faciais, esse poderá constituir um protocolo de reabilitação desse tipo de paciente.