Busca avançada
Ano de início
Entree

Avaliação da vacina E6E7 e E6E7Ub contra o carcinoma cervical provocado pela infecção do HPV16

Processo: 10/04490-4
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de março de 2011
Vigência (Término): 30 de setembro de 2012
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Imunologia - Imunologia Aplicada
Pesquisador responsável:Paulo Lee Ho
Beneficiário:Liliane Maria Fernandes de Oliveira
Instituição-sede: Instituto Butantan. Secretaria da Saúde (São Paulo - Estado). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Neoplasias do colo uterino   Desenvolvimento de vacinas   Vacinas   Infecções por Papillomavirus   Papillomavirus humano 16

Resumo

Responsável pela morte de 230 mil mulheres por ano, o câncer do colo do útero é considerado o segundo tipo de câncer mais comum entre as mulheres. Só no Brasil são estimados para 2010 mais de 18000 novos casos dessa doença, sendo a infecção por HPV o principal fator de risco para sua etiopatogênese. Os HPV16 e HPV18 são os tipos mais frequentemente identificados no câncer cervical e por isso alvo de estudos no tratamento dessa patologia. A descoberta do envolvimento da imunidade celular em resposta à infecção tem propiciado o estudo de diversas estratégias imunoterapêuticas contra o HPV e o tumor. Duas vacinas profiláticas contra principalmente os HPVs 16 e 18 foram licenciadas, entretanto, devido o alto custo das doses, grande parcela da população dos países em desenvolvimento não tem acesso a essa vacinação, dificultando, assim, a redução da alta incidência do câncer do colo do útero. Além disso, essas vacinas não beneficiam as mulheres já infectadas pelo vírus e com câncer cervical. Por estes motivos o Instituto Butantan procurou desenvolver uma vacina contra a infecção estabelecida de HPV e acessível à grande parte da população. Por estarem diretamente envolvidas no descontrole da proliferação e transformação celular, as oncoproteínas E6 e E7 têm sido de particular interesse para o desenvolvimento de vacinas terapêuticas. Em vista disto, nosso laboratório está desenvolvendo uma vacina com epítopos dessas duas concoproteínas e, em busca de potencializar uma resposta imune celular citotóxica contra o tumor, esses epítopos foram conjugados com Ubiquitina. Assim, nesse projeto se realizará a expressão em sistema bacteriano e purificação da proteína quimérica de epítopos de E6E7 com e sem Ubiquitina. Em seguida serão realizados os ensaios de imunização para verificar o potencial profilático e terapêutico dessa nova vacina contra o tumor induzido em camundongos e se avaliará a imunogenicidade dessas vacinas. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
FERNANDES DE OLIVEIRA, LILIANE M.; MORALE, MIRIAN G.; CHAVES, AGTHA A. M.; DEMASI, MARILENE; HO, PAULO L. Expression, Polyubiquitination, and Therapeutic Potential of Recombinant E6E7 from HPV16 Antigens Fused to Ubiquitin. MOLECULAR BIOTECHNOLOGY, v. 59, n. 1, p. 46-56, JAN 2017. Citações Web of Science: 0.
FERNANDES DE OLIVEIRA, LILIANE MARIA; MORALE, MIRIAN GALLIOTE; CHAVES, AGATHA A. MUNIZ; CAVALHER, ALINE MARQUES; LOPES, ALINE SORIANO; DINIZ, MARIANA DE OLIVEIRA; SCHANOSKI, ALESSANDRA SOARES; DE MELO, ROBSON LOPES; DE SOUZA FERREIRA, LUIS CARLOS; DE OLIVEIRA, MARIA LEONOR S.; DEMASI, MARILENE; HO, PAULO LEE. Design, Immune Responses and Anti-Tumor Potential of an HPV16 E6E7 Multi-Epitope Vaccine. PLoS One, v. 10, n. 9 SEP 21 2015. Citações Web of Science: 4.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.