Busca avançada
Ano de início
Entree

Análise eletromiográfica do padrão de ativação dos músculos flexores de punho após acupuntura sistêmica

Processo: 10/19544-2
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de março de 2011
Vigência (Término): 29 de fevereiro de 2012
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Fisioterapia e Terapia Ocupacional
Pesquisador responsável:João Eduardo de Araujo
Beneficiário:Marília Silva Zanin
Instituição-sede: Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto (FMRP). Universidade de São Paulo (USP). Ribeirão Preto , SP, Brasil
Assunto(s):Eletromiografia   Acupuntura

Resumo

A acupuntura visa à terapia e cura das enfermidades pela aplicação de estímulos através da pele, com inserção de agulhas em acupontos que são regiões da pele em que é grande a concentração de terminações nervosas sensoriais. Apresenta propriedades, tais como liberação de substâncias vasoativas; melhora da oxigenação celular e trocas metabólicas; ativação do sistema imunológico; atuação no sistema linfático; analgesia e relaxamento muscular. Este estudo, assim como, grande parte das pesquisas que relacionam acupuntura e sistema muscular, utiliza como método de quantificação a eletromiografia de superfície.O estudo tem como objetivo analisar a resposta eletromiográfica e de força, ipsi e contraleral, dos músculos Flexores de Punho, antes, imediatamente após a inserção de agulhas de acupuntura nos pontos C3 (acupunto local) e C4 (acupunto distante) e após 10 minutos de interrupção da estimulação.Participarão deste estudo 60 voluntários divididos aleatoriamente em quatro grupos de 15 sujeitos: Grupo Local (GL); Grupo Distante (GD); Grupo Sham (GS) e o Grupo Controle (GC). Para avaliar a efetividade da estimulação os eletrodos serão colocados no ventre dos músculos Flexores do Punho, paralelos às fibras musculares, e será conectado faixas a um transdutor de força, possibilitando a análise da ativação muscular e da força durante o movimento de flexão de punho. O protocolo é composto por 3 séries de 3 contrações isométricas máximas do membro superior direito, 3 do membro superior esquerdo e 3 bilaterais. A agulha de acupuntura será aplicada e permanecerá por 20 minutos. Após a retirada da agulha o voluntário realiza pela segunda vez o protocolo, sendo esse repetido novamente após 10 minutos do fim da estimulação. Os resultados serão expostos através de tabelas, gráficos e porcentagens.Espera-se encontrar modificações no traçado eletromiográfico do músculo após a inserção de agulhas e ainda possíveis diferenças entre os pontos local (C3) e distância (C4).