Busca avançada
Ano de início
Entree

Beta defensinas em membranas corioamnióticas de gestações complicadas por prematuridade: expressão gênica, protéica e imunolocalização

Processo: 10/14724-2
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de março de 2011
Vigência (Término): 28 de fevereiro de 2013
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina - Saúde Materno-infantil
Pesquisador responsável:Márcia Guimarães da Silva
Beneficiário:Nathalia Mayumi Noda Nicolau
Instituição-sede: Faculdade de Medicina (FMB). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Botucatu. Botucatu , SP, Brasil
Assunto(s):Âmnio   beta-Defensinas   Expressão gênica   Expressão de proteínas   Recém-nascido prematuro

Resumo

As membranas corioamnióticas são barreiras mecânicas contra a ascensão de microrganismos, possuem papel fundamental no sistema imune inato e foram descritas como tendo efeito inibitório sobre o crescimento de muitas bactérias, em parte, pela produção de beta defensinas. Objetivo: quantificar a expressão gênica e proteica e imunolocalização de beta defensinas (HBD-1, -2, -3 e -4) em membranas corioamnióticas de gestações complicadas por prematuridade. Material e Métodos: Serão incluídos no estudo, 30 fragmentos de membranas corioamnióticas de gestantes que apresentarem trabalho de parto pré-termo (TPP), na presença ou não de rotura prematura de membranas pré-termo (RPM-PT), que desencadearem parto pré-termo (PP). No momento da resolução da gestação, fragmentos de 1cm2 das membranas serão acondicionados em RNA later e submetidos à extração de RNA total. Após a extração do RNA, as amostras serão submetidas à obtenção de cDNA para posterior utilização na quantificação da expressão de ² defensinas (HBD1, 2, 3 e 4) pela técnica da PCR em tempo real empregando-se o sistema TaqMan® Gene Expression Assays. Outros fragmentos serão acondicionados a – 80ºC para pesquisa protéica pela técnica de Western Blot. Um terceiro fragmento será coletado em formalina, desidratados em álcool, diafanizados em xilol e a seguir incluídos em blocos de parafina. Os blocos obtidos serão seccionados para análise da imunolocalização das defensinas de interesse. A análise será realizada de acordo com os pressupostos estatísticos, considerando os resultados obtidos. (AU)

Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.