Busca avançada
Ano de início
Entree

O Teste das Pirâmides Coloridas de Pfister em adolescentes do interior paulista.

Processo: 10/16992-4
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de janeiro de 2011
Vigência (Término): 31 de dezembro de 2011
Área do conhecimento:Ciências Humanas - Psicologia - Fundamentos e Medidas da Psicologia
Pesquisador responsável:Sonia Regina Pasian
Beneficiário:Dayane Rattis Theodozio
Instituição-sede: Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Ribeirão Preto (FFCLRP). Universidade de São Paulo (USP). Ribeirão Preto , SP, Brasil
Assunto(s):Técnicas projetivas   Normas   Adolescentes   Avaliação psicológica

Resumo

O Teste das Pirâmides Coloridas de Pfister é um importante instrumento projetivo de avaliação da dinâmica afetiva do indivíduo, que pode ser aplicado em crianças até indivíduos idosos. Existem, atualmente, poucas pesquisas que envolvam a avaliação de adolescentes por meio desta técnica projetiva, aprovada pelo Conselho Federal de Psicologia para uso no Brasil. Diante deste contexto, o objetivo deste projeto é estudar o desempenho de adolescentes de 12 a 14 anos de idade no Teste de Pfister, elaborando-se padrões preliminares de referência (normas) para avaliação do desempenho destes adolescentes nesta técnica projetiva, dada a inexistência deste tipo de norma na literatura científica da área neste momento. O presente projeto caracteriza-se como um estudo descritivo, de abordagem quantitativa, com objetivo de caracterização do desempenho de adolescentes da cidade de Ribeirão Preto (SP) na técnica projetiva de Pfister. Almeja-se, portanto, elaboração de referenciais normativos, ainda que preliminares, para este instrumento de avaliação psicológica no contexto de uma cidade do interior do Estado de São Paulo, complementando pesquisas realizadas anteriormente com esta técnica, como referido no manual do próprio teste. Pretende-se também avaliar possível efeito do sexo e da idade no padrão de produção diante da técnica de Pfister em adolescentes de 12 a 14 anos. Para tanto, a amostra deste estudo deverá ser composta por 90 adolescentes na faixa etária de 12 e 14 anos de idade, de escolas públicas de Ribeirão Preto (SP), igualmente distribuídos em função do sexo e de cada ano de idade. Estes adolescentes serão voluntários devidamente autorizados para a pesquisa, possuindo em seu histórico pessoal (conforme informações advindas de seus pais ou responsáveis), indicadores de desenvolvimento típico para sua idade e nível intelectual compatível com desempenho médio ou superior (avaliado por meio do Teste de Inteligência Não Verbal - INV - forma C). A aplicação dos instrumentos de avaliação psicológica será realizada de modo individual, em sala específica da própria instituição escolar, conforme seus respectivos manuais e padrões técnicos específicos, na seguinte ordem: INV - Forma C e Teste das Pirâmides Coloridas de Pfister. A análise dos resultados do Pfister será organizada em termos descritivos e em análises estatísticas inferenciais sobre o possível efeito das variáveis sexo e idade sobre os dados. Pretende-se que estes resultados eventualmente sejam utilizados como parâmetros comparativos para novos estudos com a faixa etária em questão em outros contextos sócio-culturais similares ao presentemente proposto.

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)