Busca avançada
Ano de início
Entree

Mulheres na economia solidária: autonomia ou precarização?

Processo: 10/14731-9
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de março de 2011
Vigência (Término): 31 de dezembro de 2012
Área do conhecimento:Ciências Humanas - Sociologia - Outras Sociologias Específicas
Pesquisador responsável:Jacob Carlos Lima
Beneficiário:Alyson Thiago Almeida Ramos
Instituição-sede: Centro de Educação e Ciências Humanas (CECH). Universidade Federal de São Carlos (UFSCAR). São Carlos , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:06/61142-3 - A crise do trabalho e as experiências de geração de emprego e renda: as distintas faces do trabalho associado e a questão de gênero, AP.TEM
Assunto(s):Economia solidária   Empreendedorismo social   Mulheres   Autogestão   Relação social

Resumo

Nos últimos dez anos tem ocorrido uma multiplicação de empreendimentos socioeconômicos associativos como alternativa ao desemprego. Essas iniciativas, referenciadas no chamado campo da Economia Solidária, são fomentadas, em sua maioria, como alternativas de geração de renda e inclusão social. Esse movimento vem viabilizando atividades de produção, de prestação de serviços, de crédito, de comercialização e de consumo. O objetivo do Projeto de Pesquisa é investigar a inserção das mulheres nesses empreendimentos e analisar em que medida representa uma entrada no mercado de trabalho com geração de renda ou mesmo inserção social a partir do caráter associativo da proposta. Além disso, pretende-se averiguar se a experiência associativa resulta ou não na incorporação dos princípios de cooperação e solidariedade na vida cotidiana. Serão estudados três empreendimentos econômicos solidários caracterizados por uma maior estruturação organizacional e experiência em duas cidades da região do "Norte" de Minas Gerais: Montes Claros e Pirapora. Os dados serão obtidos por meio da observação, entrevistas e diário de campo. (AU)