Busca avançada
Ano de início
Entree

Metáforas corporais na adaptação do livro Dom Casmurro para a minissérie Capitu lidas a partir de Jesús Martin-Barbero e da teoria Corpomídia

Processo: 10/14427-8
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de março de 2011
Vigência (Término): 31 de outubro de 2012
Área do conhecimento:Ciências Sociais Aplicadas - Comunicação
Pesquisador responsável:Helena Tania Katz
Beneficiário:Luiza Maria Almeida Rosa
Instituição-sede: Pró-Reitoria de Pós-Graduação (PRPG). Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Teoria corpomídia   Metáfora   Minissérie

Resumo

Entendendo que um dos fortes papéis da comunicação é a realização de intersecções, de percorrer caminhos entre realidades e ambientes, o presente projeto visa analisar o diálogo entre a mídia impressa, audiovisual e corpomídia a partir do estudo da transformação do livro Dom Casmurro, escrito por Machado de Assis no final do século XIX, na minissérie Capitu, dirigida por Luiz Fernando Carvalho e exibida pela Rede Globo de Televisão, em dezembro de 2008. Como um gênero ficcional seriado televisivo, baseado no melodrama e com vistas ao entretenimento e ao lúdico, se apropria de um texto literário, que mais que lazer visa reflexões críticas sobre aspectos da realidade brasileira? Vale ressaltar que Capitu teve o livro Dom Casmurro como ponto de partida e não de chegada: criou a partir dele e deu continuidade à composição narrativa formando novos arranjos de sentido. Com base nas contribuições teóricas latino-americanas da comunicação de Jesús Martin-Barbero (BARBERO, 2003) - que estuda o processo de comunicação pela perspectiva da recepção midiática - e da teoria Corpomídia - que estuda o processo de comunicação pela perspectiva do corpo (GREINER & KATZ, 2005) - a análise levará em consideração metáforas corporais apresentadas na minissérie para traçar uma compreensão sobre este trânsito entre mídias que resultou em um produto midiático que une lógicas de repetição e alteridade, da arte e da indústria cultural, promovendo uma alternativa à dicotomia entre essas instâncias. Este projeto pretende partir da análise da conjugação entre gêneros narrativos ficcionais para também tecer uma reflexão sobre a emergência da criatividade como elemento que vem ganhando peso nas relações de produção, de trabalho, de atuação artística e nas relações sociais urbanas brasileiras na atualidade (LAZZARATO & NEGRI, 2001). (AU)