Busca avançada
Ano de início
Entree

Por uma dramaturgia nacional-popular:o teatro de Oduvaldo Vianna Filho no CPC da UNE (1960-1964)

Processo: 10/03694-5
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de abril de 2011
Vigência (Término): 31 de agosto de 2012
Área do conhecimento:Linguística, Letras e Artes - Artes - Teatro
Pesquisador responsável:Larissa de Oliveira Neves Catalão
Beneficiário:Rafael de Souza Villares
Instituição-sede: Instituto de Artes (IA). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Assunto(s):Crítica teatral   Dramaturgia   História do teatro   Teatro brasileiro   Ditadura   Estudantes   Governos Militares (1964-1985)

Resumo

Oduvaldo Vianna Filho é reconhecidamente um dos dramaturgos brasileiros de maior relevância da década de sessenta e setenta. Em sua obra buscou sempre retratar o panorama político nacional, refletindo sobre questões como o imperialismo norte-americano, o papel da militância, a realidade do operariado, a universidade, enfim, temáticas que apesar de serem classificadas como "datadas" ainda hoje necessitam de reflexão. Dessa forma, dando continuidade ao projeto de Iniciação Científica desenvolvido por mim, com financiamento da Fundação de Amparo à Pesquisa de São Paulo (FAPESP) durante o ano de 2008, procuro, no presente projeto de mestrado, aprofundar os estudos sobre a obra de Vianinha. Utilizando como base os resultados já levantados inicialmente durante a Iniciação Científica, pretendo analisar as peças: A Mais-Valia vai acabar, seu Edgar; Brasil versão brasileira; O Auto dos 99%; Quatro quadras de terra e Os Azeredos mais os Benevides, produzidas pelo dramaturgo no período em que esteve vinculado ao Centro Popular de Cultura (CPC) da União Nacional dos Estudantes (UNE). Para tanto, realizarei um cotejo das críticas que as peças selecionadas receberam nos jornais O Globo, Jornal do Brasil, Correio da Manhã, Folha de S. Paulo, O Estado de S. Paulo e nas revistas Estudos Sociais e Movimento (CPC-UNE). Além do material levantado nos periódicos, faz-se necessário, a fim de fundamentar minhas análises, estudar o padrão dramático desejado pelos principais críticos teatrais do período delimitado, tais como Décio de Almeida Prado e Sábato Magaldi, e verificar os motivos pelos quais as peças de Vianinha não se encaixavam no padrão de qualidade reconhecido por eles. Desta forma, buscarei refletir sobre o momento pré-1964, destacando, principalmente, o pensamento da esquerda comunista e as posições tomadas pela classe média. (AU)

Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
VILLARES, Rafael de Souza. Por uma dramaturgia nacional-popular : o teatro de Oduvaldo Vianna Filho no CPC da UNE (1960-1964). 2012. Dissertação de Mestrado - Universidade Estadual de Campinas. Instituto de Artes.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.