Busca avançada
Ano de início
Entree

Análise de biomarcadores em tumores de reto através da utilização de sequenciadores de nova geração

Processo: 10/12658-2
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de fevereiro de 2011
Vigência (Término): 31 de julho de 2014
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Bioquímica - Biologia Molecular
Pesquisador responsável:Anamaria Aranha Camargo
Beneficiário:Elisa Rennó Donnard Moreira
Instituição-sede: Instituto de Química (IQ). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Neoplasias retais   Terapia neoadjuvante   Quimiorradioterapia   Sequenciamento de nova geração   Biomarcadores   Rearranjo gênico

Resumo

O câncer retal é atualmente uma doença de grande impacto na maioria dos países. O encaminhamento de pacientes para uma abordagem de tratamento eficaz é uma grande dificuldade dos centros de tratamento, principalmente devido a diferenças genéticas entre os pacientes que influenciam na resposta obtida com um determinado tratamento. A radioquimioterapia neoadjuvante tem obtido resultados estimulantes no tratamento deste câncer apesar da grande variação na resposta ao tratamento. A identificação de marcadores que indiquem para cada paciente a melhor abordagem terapêutica e determinem aqueles pacientes que ainda apresentam tecido tumoral após o tratamento significaria um enorme avanço na qualidade de tratamento para este câncer. Neste projeto utilizaremos uma abordagem computacional e de sequenciamento de nova geração para identificar rearranjos intercromossomais específicos em amostras tumorais que poderão ser utilizados como biomarcadores para avaliar a resposta do paciente ao tratamento e para detectar a recidiva da doença. Serão analisadas amostras de reto de três conjuntos de pacientes: i) pacientes que apresentaram resposta completa após uma primeira abordagem de terapia neoadjuvante; ii) amostras de pacientes que não apresentaram resposta ao tratamento; iii) amostras de pacientes que, segundo o diagnóstico clínico, também não apresentaram resposta completa, mas um posterior diagnóstico patológico indica que a resposta foi obtida. Desta forma esperamos identificar biomarcadores capazes de indicar em que quadro o paciente se encontra. Os biomarcadores específicos podem ser utilizados para um diagnóstico mais preciso dos pacientes que apresentam tecido tumoral mesmo após o tratamento inicial e que serão encaminhados para a cirurgia. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
DONNARD, ELISA R.; CARPINETTI, PAOLA A.; NAVARRO, FABIO C. P.; PEREZ, RODRIGO O.; HABR-GAMA, ANGELITA; PARMIGIANI, RAPHAEL B.; CAMARGO, ANAMARIA A.; GALANTE, PEDRO A. F. ICRmax: An optimized approach to detect tumor-specific interchromosomal rearrangements for clinical application. Genomics, v. 105, n. 5-6, p. 265-272, MAY 2015. Citações Web of Science: 2.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.
Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.