Busca avançada
Ano de início
Entree

Obtenção de carboxiferroporfirina imobilizada em caulinita aminofuncionalizada e estudo da atividade catalítica

Processo: 10/13808-8
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de março de 2011
Vigência (Término): 31 de dezembro de 2012
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Química - Química Inorgânica
Pesquisador responsável:Katia Jorge Ciuffi Pires
Beneficiário:Analaura Lovo de Carvalho
Instituição-sede: Reitoria. Universidade de Franca (UNIFRAN). Franca , SP, Brasil
Assunto(s):Química verde   Materiais híbridos   Catálise   Caulim   Ferroporfirinas

Resumo

Os sistemas porfirínicos são bastante versáteis, pois são capazes de atuar como catalisadores seletivos em várias espécies de reações, o que tem chamado cada vez mais atenção para seu mimetismo e aplicabilidade. Ferro(III)Porfirinas sintéticas têm sido utilizadas como modelos para estes sistemas enzimáticos, porém o custo envolvido nessas sínteses muitas vezes dificulta o seu emprego em escala industrial. Devido a este fato, várias alternativas têm sido propostas no sentido de otimizar a capacidade destas porfirinas, dentre elas a heterogeneização destes catalisadores tem ganhado grande destaque. Desta forma, os materiais obtidos pelos processos de intercalação e/ou funcionalização de argilominerias pela inserção de substâncias nos espaços interlamelares leva a obtenção de híbridos com propriedades específicas quem tem despertado o interesse de diversas aplicações científicas e tecnológicas. Neste projeto propomos a imobilização de uma ferroporfirina de segunda geração (Ferro-tetracarboxifenil porfirina) em caulinita aminofuncionalizada, obtida pela funcionalização com tris(hidroximetil)aminometano. Este material será utilizado como catalisador heterogêneo frente a reações de oxidação dos substratos: cis-cicloocteno, cicloexano, e para a oxidação de Baeyer-Villiger. O material híbrido obtido após a funcionalização com a ferroporfirina será caracterizado por difração de raios-x, espectroscopia de absorção na região de infravermelho (IV), análises térmicas (TG/DTG), Ressonância Paramagnética Eletrônica (EPR), Microscopia Eletrônica de Varredura (MEV) e Microscopia Eletrônica de Transmissão (MET). (AU)