Busca avançada
Ano de início
Entree

Respostas adaptativas do teleósteo matrinxã (Brycon amazonicus) exposto ao piretróide lambda-cialotrina: metabolismo antioxidante, parâmetros histológicos e hematológicos

Processo: 10/17007-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de janeiro de 2011
Vigência (Término): 31 de outubro de 2014
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Recursos Pesqueiros e Engenharia de Pesca - Aquicultura
Pesquisador responsável:Gilberto Moraes
Beneficiário:Francine Perri Venturini
Instituição-sede: Centro de Ciências Biológicas e da Saúde (CCBS). Universidade Federal de São Carlos (UFSCAR). São Carlos , SP, Brasil
Bolsa(s) vinculada(s):12/05900-7 - Efeitos da exposição a um pesticida piretróide na performance natatória e em comportamentos olfatórios em peixes, BE.EP.DR
Assunto(s):Genotoxicidade   Histopatologia

Resumo

Atualmente, no Brasil, o uso de defensivos agrícolas é cada vez maior, sendo que há uma tendência à utilização de produtos considerados menos tóxicos em substituição aos pesticidas altamente tóxicos e persistentes. Os piretróides sintéticos são uma alternativa ao uso de inseticidas persistentes no meio ambiente por apresentarem baixa toxicidade para aves e mamíferos e não-acúmulo na cadeia trófica. A lambda-cialotrina é um inseticida piretróide sintético utilizado no controle de um amplo espectro de artrópodes e pertencente a classe toxicológica III (medianamente tóxico). O matrinxã (Brycon amazonicus) é uma espécie neotropical originária da Bacia Amazônica e é uma das espécies mais representativas na aqüicultura brasileira. Visto a contaminação de ambientes aquáticos pelo uso da lambda-cialotrina na agricultura e em ambientes domésticos, justifica-se a necessidade de estudos deste piretróide relacionados à sua toxicidade e efeitos nos parâmetros bioquímico metabólicos do B. amazonicus. Assim, os objetivos deste projeto são: determinar a concentração letal CL50;96h da lambda-cialotrina para o matrinxã; determinar e avaliar as alterações morfológicas, os efeitos sobre os parâmetros hematológicos e sobre o sistema de defesa antioxidante enzimático e não enzimático; os efeitos neurotóxicos; a taxa de peroxidação lipídica tecidual; a atividade da enzima Na+/K+-ATPase branquial e os efeitos genotóxicos (teste do micronúcleo) após 96 horas de exposição do matrinxã a uma concentração sub-letal de lambda-cialotrina (10% da CL50;96h) e após 7 dias de recuperação em ambiente livre do xenobiótico.

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
VENTURINI, F. P.; DE MORAES, F. D.; ROSSI, P. A.; AVILEZ, I. M.; SHIOGIRI, N. S.; MORAES, G. A multi-biomarker approach to lambda-cyhalothrin effects on the freshwater teleost matrinxa Brycon amazonicus: single-pulse exposure and recovery. FISH PHYSIOLOGY AND BIOCHEMISTRY, v. 45, n. 1, p. 341-353, FEB 2019. Citações Web of Science: 1.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.