Busca avançada
Ano de início
Entree

Avaliação das atividades contra fungos dermatofíticos e contra câncer de pele do extrato alcaloídico e dos glicoalcalóides de Solanum lycocarpum

Processo: 10/00925-6
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de março de 2011
Vigência (Término): 29 de fevereiro de 2012
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Farmácia - Farmacognosia
Pesquisador responsável:Jairo Kenupp Bastos
Beneficiário:Juliana de Carvalho da Costa
Instituição-sede: Faculdade de Ciências Farmacêuticas de Ribeirão Preto (FCFRP). Universidade de São Paulo (USP). Ribeirão Preto , SP, Brasil
Assunto(s):Antineoplásicos   Anti-infecciosos   Solanum lycocarpum   Alcaloides de solanáceas   Micoses   Dermatopatias

Resumo

Solanum lycocarpum Saint-Hillare (Solanaceae), popularmente conhecida como "fruta do lobo", é uma planta nativa do Brasil muito comum na região do Cerrado brasileiro. Além disso, S. lycocarpum apresenta altas concentrações de alcalóides esteroidais, sendo os majoritários solasonina e solamargina, os quais, por sua vez, são substâncias com potencial para as atividades antifúngica e anticancerígena. Os fungos dermatófitos são os agentes mais comuns causadores de micoses superficiais em humanos e animais, infectando exclusivamente o estrato córneo da pele, cabelo e unhas. O câncer de pele é o tipo mais frequente, correspondendo a cerca de 25% de todos os tumores malignos registrados no Brasil. Há que se destacar que uma formulação de uso tópico já foi desenvolvida pelo grupo para uso contra câncer de pele. Assim, considerando que saponinas, em geral, apresentam atividade antifúngica, o produto formulado certamente tem o potencial para o tratamento de dermatofitoses. Os frutos da espécie S. lycocarpum serão coletados, secos, triturados e submetidos à extração ácido-base. Os glicoalcalóides, solasonina e solamargina, serão isolados por cromatografia em coluna do tipo flash e repurificados em CLAE preparativo. Serão realizados ensaios para atividade antifúngica com as cepas M. gypseum, M. canis, T. mentagrophytes e T. rubrum e ensaio para atividade contra câncer de pele in vivo em camundongos hairless utilizando a formulação previamente preparada. A eficácia da formulação será avaliada pela análise das características histológicas e morfológicas dos tecidos dos animais tratados com os controles negativos. Quanto à atividade antifúngica, os resultados obtidos serão avaliados frente aos controles positivo e negativo. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)

Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
COSTA, Juliana de Carvalho da. Heterosídeos alcaloídicos de Solanum lycocarpum A. St.-Hil.: avaliação das atividades contra fungos dermatófitos e câncer de pele. 2012. Dissertação de Mestrado - Universidade de São Paulo (USP). Faculdade de Ciências Farmacêuticas de Ribeirão Preto Ribeirão Preto.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.