Busca avançada
Ano de início
Entree

Abordagem bioquímico-molecular para avaliação da bacteriocinogenese e do controle de Listeria Monocytogenes por Lactobacillus sakei 2ª em um produto lácteo simbiótico potencialmente funcional

Processo: 10/52267-2
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de maio de 2011
Vigência (Término): 30 de abril de 2014
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Ciência e Tecnologia de Alimentos - Ciência de Alimentos
Pesquisador responsável:Bernadette Dora Gombossy de Melo Franco
Beneficiário:Rafael Chacon Ruiz Martinez
Instituição-sede: Faculdade de Ciências Farmacêuticas (FCF). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Listeria monocytogenes

Resumo

Bactérias láticas (BAL) produtoras de bacteriocinas são uma alternativa interessante para o controle da multiplicação de microrganismos deteriorantes e patogênicos em alimentos. BAL são também importantes porque algumas cepas apresentam efeito pro biótico, ou seja, quando presentes em alimentos (alimentos funcionais) podem melhorar a saúde e o bem-estar do consumidor. Produtos lácteos, em especial queijos, devido às suas características físico-químicas, são veículos apropriados para cepas pro bióticas. Este projeto tem por finalidade avaliar a capacidade de uma cepa de BAL (Lactobacillus sakei 2a), isolada de alimentos no Laboratório de Microbiologia de Alimentos da FCF/USP, e que apresenta potencial pro biótico demonstrado em pesquisas anteriores, produzir bacteriocina em um produto lácteo simbiótico potencialmente funcional desenvolvido no Laboratório de Tecnologia de Alimentos da FCF/USP, cuja formulação-base é o queijo quark, durante armazenamento em temperatura de refrigeração (4°C) e de abuso de refrigeração (15°C) por 28 dias, correspondente ao shelf-life deste produto. A atividade antimicrobiana será monitorada empregando-se Listeria monocytogenes como bactéria-alvo, que é uma bactéria patogênica ubíqua, psicrotrotica, que apresenta elevada taxa de fatalidade em pacientes de grupos de risco e é freqüente contaminante de queijos. Essa avaliação será realizada através da análise de expressão gênica pela técnica de RT-qPCR. A determinação do seu efeito no controle da multiplicação de L monocytogenes (sorotipos 4b e 1/2a) será realizada por meio de teste de desafio no produto. Para o estudo da viabilidade da BAL starter usado na fabricação do queijo e das BAL produtora e não produtora de bacteriocinas (Lactobacillus sakei ATCC 15521) no referido produto, será empregada, além do método tradicional curttvo-dependente (semeadura em meios de cultura seletivos), técnicas moleculares cultivos-independentes (qPCR). (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
RUIZ MARTINEZ, RAFAEL CHACON; BEDANI, RAQUEL; ISAY SAAD, SUSANA MARTA. Scientific evidence for health effects attributed to the consumption of probiotics and prebiotics: an update for current perspectives and future challenges. BRITISH JOURNAL OF NUTRITION, v. 114, n. 12, p. 1993-2015, DEC 28 2015. Citações Web of Science: 48.
RUIZ MARTINEZ, RAFAEL CHACON; STALIANO, CRISTINA DINI; SILVA VIEIRA, ANTONIO DIOGO; MORALES VILLARREAL, MARTHA LISSETE; TODOROV, SVETOSLAV DIMITROV; ISAY SAAD, SUSANA MARTA; GOMBOSSY DE MELO FRANCO, BERNADETTE DORA. Bacteriocin production and inhibition of Listeria monocytogenes by Lactobacillus sakei subsp sakei 2a in a potentially synbiotic cheese spread. FOOD MICROBIOLOGY, v. 48, p. 143-152, JUN 2015. Citações Web of Science: 29.
STALIANO, CRISTINA DINI; RUIZ MARTINEZ, RAFAEL CHACON; SAAD, S. M. I. Beneficial microorganisms viability and sensory acceptance of a potentially synbiotic dairy-based tomato spread. LWT-FOOD SCIENCE AND TECHNOLOGY, v. 62, n. 1, 2, SI, p. 682-688, JUN 2015. Citações Web of Science: 3.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.