Busca avançada
Ano de início
Entree

Avaliação mecânica e fotoelástica do uso de placas 2.0 mm com sistema de travamento (LOCKING)NA reconstrução de defeitos mandibulares pós-ressecção

Processo: 10/19344-3
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de março de 2011
Vigência (Término): 29 de fevereiro de 2012
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Odontologia - Cirurgia Buco-maxilo-facial
Pesquisador responsável:Luciana Asprino
Beneficiário:Patrício José de Oliveira Neto
Instituição-sede: Faculdade de Odontologia de Piracicaba (FOP). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Piracicaba , SP, Brasil

Resumo

Defeitos de continuidade do osso mandibular ou ressectivos podem ocorrer após ferimentos por arma de fogo, lesões císticas expansivas, osteorrdionecrose e ressecção de tumores. A reconstrução desses defeitos mandibulares, entretanto, é bastane desafiadora para a cirurgia buco-maxilo-facial, e apesar do enorme progresso feito particularmente nos últimos quarenta anos, o método de tratamento ideal ainda não foi atingido. Para o tratamento desse tipo de defeito mandibular, placas de reconstrução de titânio do sistema 2.4 mm têm sido rotineiramente utilizadas nestas situações, com ou sem enxerto ósseo imediato. Inicialmente essas placas eram mais espessas e robustas, entretanto, progressivamente as placas de reconstrução têm se tornado menores, de perfil mais delgado e com uma maior maleabilidade. Dessa forma, o sistema de travamento 2.0mm de reconstrução tem sido introduzido como a geração seguinte na melhoria das placas de reconstrução. No entanto, poucos trabalhos têm avaliado o uso desse sistema na reconstrução mandibular. Uma preocupação que surge, por tanto, é se essas placas mais delgadas serão mesmo capazes de suportar as forças de carga aplicadas sobre elas no local dos defeitos mandibulares sem que ocorra a fratura das mesmas. Diante do exposto, O objetivo dos autores neste estudo é avaliar comparativamente, in vitro, a resistência da fixação e a distribuição de tensões promovidas por placas e parafusos dos sistemas 2.0mm Locking e 2.4mm convencional, na reconstrução de defeitos mandibulares com perda de continuidade, associados ou não a enxertos.

Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
NETO, Patrício José de Oliveira. Avaliação mecânica e fotoelástica do uso de placas 2,0 mm com sistema de travamento na reconstrução de defeitos mandibulares pós-ressecção. 2012. Tese de Doutorado - Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Faculdade de Odontologia de Piracicaba.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.