Busca avançada
Ano de início
Entree

Vilegiaturas de prazer e a formação de uma cultura burguesa na cidade balneárea de Poços de Caldas entre os anos 1930 e 1940

Processo: 10/51247-8
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de março de 2011
Vigência (Término): 28 de fevereiro de 2014
Área do conhecimento:Ciências Humanas - História - História Moderna e Contemporânea
Pesquisador responsável:Edgar Salvadori de Decca
Beneficiário:Jussara Marques Oliveira Marrichi
Instituição-sede: Instituto de Filosofia e Ciências Humanas (IFCH). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Assunto(s):Balneários   Água mineral

Resumo

O seguinte projeto de doutorado pretende em certa medida dar continuidade à dissertação de mestrado intitulada "A cidade termal: ciência das águas e sociabilidade moderna entre 1839 a 1931", defendida e aprovada no curso de pós-graduação em História do IFCH/Unicamp. A pesquisa insere-se em um campo de conhecimento que toma o meio natural e neste caso, o uso de águas minerais (e a princípio consideradas medicinais) como objeto de investigação histórica na construção de cidades e também como instrumento direto de condicionamento e modelação de adaptação do indivíduo a modos específicos de comportamento, em um tempo-espaço onde ela tornou-se elemento central. Especificamente a partir deste momento, este projeto se propõe a examinar as experiências íntimas, e diga-se da passagem, burguesas, de homens e mulheres que se moveram entre alguns espaços balneários do Brasil entre os anos de 1931 à 1960. Pretende-se compreender a história desses lugares através da experiência corporal dessas pessoas em cada momento específico da prática da vilegiatura, seja no momento dos banhos (individuais ou coletivos), ou na prática dos jogos, dos esportes e dos cuidados de si. A intenção é pontuar a maneira como as águas quentes ou frias das cidades balneárias compuseram experiências corporais associadas à intimidade desses sujeitos fora do ambiente e da casa familiar evidenciando e construindo noções de modernidade nas cidades balneárias brasileiras. (AU)

Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
MARRICHI, Jussara Marques Oliveira. Vilegiaturas de prazer e a formação de uma cultura burguesa na cidade balneária de Poços de Caldas entre os anos de 1930 e 1940. 2015. Tese de Doutorado - Universidade Estadual de Campinas. Instituto de Filosofia e Ciências Humanas.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.