Busca avançada
Ano de início
Entree

Avaliação do estado de saúde percebido e adesão ao tratamento de pacientes submetidos à cirurgia de revascularização do miocárdio quatro semanas após a alta hospitalar

Processo: 11/00543-9
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de abril de 2011
Vigência (Término): 31 de dezembro de 2012
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Enfermagem - Enfermagem Médico-cirúrgica
Pesquisador responsável:Lidia Aparecida Rossi
Beneficiário:Mariana Coelho
Instituição-sede: Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto (EERP). Universidade de São Paulo (USP). Ribeirão Preto , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:10/10006-8 - O processo de reabilitação e suas interfaces com a qualidade de vida e cultura dos indivíduos fase II, AP.TEM
Assunto(s):Cooperação e adesão ao tratamento   Aceitação pelo paciente de cuidados de saúde   Revascularização miocárdica

Resumo

Avaliar a correlação entre o estado geral de saúde percebido por meio do Medical Outcomes Survey 36 - Item Short-Form (SF-36) e as medidas de adesão à terapia medicamentosa em pacientes submetidos à cirurgia de revascularização do miocárdio quatro semanas após a alta hospitalar. O estudo será realizado no ambulatório de cirurgia cardíaca do HCFMRP. Formarão parte da amostra 80 sujeitos que forem atendidos no ambulatório de cirurgia cardíaca do HCFMRP - USP, quatro semanas após a alta hospitalar, de abril de 2011 a março de 2012, maiores de 18 anos, com condições cognitivas que possibilitem a participação e concordância em participação do estudo. Os dados serão coletados após quatro semanas da alta hospitalar, no ambulatório de cirurgia cardíaca, aplicando-se os seguintes instrumentos: Formulário para coleta de clínicos, Medical Outcomes Survey 36 - Item Short-Form (SF-36); Medida de adesão ao tratamento (MAT) e. International Physical Activity Questionnaire (IPAQ). Os dados serão processados e analisados usando o programa IBM SPSS versão 18.0. Serão realizadas análises descritivas de freqüência simples, de posição e dispersão. Será realizado o teste de correlação de Pearson entre os domínios do SF 36 e os valores obtidos em relação às medidas de adesão ao tratamento. Para a classificação da força de correlação entre as varáveis serão utilizados os seguintes critérios: valores máximos de correlação próximos de 0,30 - satisfatórios, entre 0,30 a 0,50, correlação moderada e acima de 0,50 de forte magnitude. O nível de significância adotado será de 0,05.

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
MARIANA COELHO; ELIANA DE CÁSSIA ARANTES COSTA; VITOR CÉSAR RICHTER; CARINA APARECIDA MAROSTI DESSOTTE; MARCIA APARECIDA CIOL; ANDRÉ SCHMIDT; ROSANA APARECIDA SPADOTI DANTAS; LÍDIA APARECIDA ROSSI; REJANE KIYOMI FURUYA. Estado de saúde percebido e adesão farmacológica em pacientes submetidos à intervenção coronária percutânea. Rev. Gaúcha Enferm., v. 34, n. 3, p. 86-94, Set. 2013.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.