Busca avançada
Ano de início
Entree

Estrutura dos anéis miméticos de Lycidae (Insecta: Coleoptera) em remanescentes de Mata Atlântica do Estado de São Paulo: dinâmica e diversidade de espécies

Processo: 10/15427-1
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de abril de 2011
Vigência (Término): 31 de maio de 2012
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Ecologia
Pesquisador responsável:João Vasconcellos Neto
Beneficiário:Elynton Alves Do Nascimento
Instituição-sede: Instituto de Biologia (IB). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Assunto(s):Distribuição geográfica   Coleoptera

Resumo

A coloração animal e seus diferentes padrões representam importantes atributos ecológicos que são essenciais para a manutenção das populações em ambientes naturais. Dentre as principais funções ecológicas da coloração, estão a termorregulação, a evasão à predação e a comunicação inter e intraespecífica. A coloração conspícua, ou aposemática, geralmente está associada com algum tipo de defesa natural. No mimetismo, onde um organismo compartilha uma ou mais características com outro, havendo benefício para pelo menos um deles, o aposematismo, ou sinalização de advertência é uma característica bastante imitada. Vários táxons estão envolvidos em casos de mimetismo, desde plantas a vertebrados, porém, é nos invertebrados que este fenômeno ocorre com maior freqüência. Os besouros da família Lycidae são bastante conhecidos por serem aposemáticos e por possuírem toxinas que fazem com que muitos predadores os rejeitem como fonte alimentar. Estes besouros desempenham o papel de modelos centrais em complexos miméticos, sendo imitados por vários grupos de insetos, como outros coleópteros, hemípteros, himenópteros e lepidópteros. Todavia, o conhecimento sobre a estrutura, diversidade de espécies e papel funcional de cada componente dos anéis miméticos ainda permanece obscura. No Brasil, existe pouquíssima informação sobre o assunto, além do que, na área da taxonomia, o conhecimento é bastante escasso e apenas recentemente foi retomado, o que permite identificar, por exemplo, quantas espécies de Lycidae compõem cada anel mimético e como essa diversidade varia, comparando-se diferentes localidades, o que é extremamente importante para o entendimento da estrutura dos anéis miméticos, sua evolução e manutenção.

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
DO NASCIMENTO, ELYNTON ALVES; BOCAKOVA, MILADA. Nomenclatural changes and redescriptions in Plateros Bourgeois, 1879 (Coleoptera: Lycidae) from Neotropical region. Zootaxa, n. 3487, p. 77-84, SEP 18 2012. Citações Web of Science: 0.
BOCAKOVA, MILADA; BACIAKOVA, BARBORA; DO NASCIMENTO, ELYNTON ALVES. Revision of the genus Falsocaenia (Coleoptera: Lycidae). Zootaxa, n. 3478, SI, p. 282-296, SEP 11 2012. Citações Web of Science: 6.
DO NASCIMENTO, ELYNTON ALVES; BOCAKOVA, MILADA. A NEW SPECIES OF PICOMICROLYCUS (COLEOPTERA: LYCIDAE), FIRST RECORD FROM SOUTH AMERICA AND A KEY TO SPECIES. ANNALES ZOOLOGICI, v. 62, n. 2, p. 267-271, 2012. Citações Web of Science: 1.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.