Busca avançada
Ano de início
Entree

Simulações MHD em três dimensões do processo de reconexão magnética em diferentes configurações de campo magnético e regimes de plasma

Processo: 10/18822-9
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de maio de 2011
Vigência (Término): 31 de agosto de 2011
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Física - Física dos Fluídos, Física de Plasmas e Descargas Elétricas
Pesquisador responsável:Maria Virginia Alves
Beneficiário:Jean Carlo Santos
Instituição-sede: Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE). Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (Brasil). São José dos Campos , SP, Brasil
Assunto(s):Magnetohidrodinâmica   Erupção solar

Resumo

Reconexão magnética é o processo pelo qual o campo magnético muda de domínio de conectividade. Durante esse processo, energia magnética é convertida em outras formas de energia. Para entender a importância do processo de reconexão magnética no Sol ou na magnetosfera é essencial investigar não somente o processo de reconexão em si mas também as condições que antecedem sua ocorrência. Essa fase envolve uma evolução quase-estacionária causada pela ação de forças externas, as quais levam a formação de lâminas de corrente. A dinâmica de formação e a importância de estruturas topológicas do campo magnético na localização das lâminas de corrente é um fator importante na previsão da possível localização e ocorrência de explosões solares. No momento pouco se sabe sobre o papel do fluxo de plasma na formação de tais lâminas de corrente e estudos indicam que os mesmos são tão importantes quanto a presença de estruturas topológicas e geométricas do campo magnético. Outro ponto importante é a reconfiguração do campo magnético durante e após a ocorrência de reconexão. Neste trabalho propõe-se estudar a fase anterior a reconexão, na qual energia magnética é armazenada na forma de correntes elétricas. Pretende-se investigar a dinâmica da formação das lâminas de corrente em diferentes configurações de campo magnético e regimes de plasma, e a localização das lâminas de corrente em relação a estruturas topológicas e geométricas do campo magnético. Pretende-se também estudar a evolução do plasma e campo magnético de grande escala durante e após a ocorrência do processo de reconexão.