Busca avançada
Ano de início
Entree

Cromatografia líquida verde (água, etanol e temperatura)aplicada ao estudo de plantas medicinais

Processo: 10/18840-7
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de março de 2011
Vigência (Término): 22 de fevereiro de 2015
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Química - Química Orgânica
Pesquisador responsável:Alberto José Cavalheiro
Beneficiário:Cristiano Soleo de Funari
Instituição-sede: Instituto de Química (IQ). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Araraquara. Araraquara , SP, Brasil
Bolsa(s) vinculada(s):12/15844-7 - Uma abordagem mais verde para o estudo do verde: cromatografia líquida sustentável aplicada ao estudo de perfis químicos de plantas medicinais brasileiras, BE.EP.PD
Assunto(s):Química de produtos naturais   Plantas medicinais   Etanol   Cromatografia líquida

Resumo

A contaminação das águas, do ar, do solo e de alimentos por defensivos agrícolas, resíduos industriais e solventes orgânicos, dentre outros, acentuou-se drasticamente a partir do século XX, com o desenvolvimento da indústria química mundial, colocando em xeque a manutenção das diferentes formas de vida na Terra. É neste contexto que a chamada Química Verde vem ganhando importância. Em investigações fitoquímicas, frequentemente quantidades significativas de solventes tóxicos são empregados, em etapas sucessivas de fracionamentos e análises. A cromatografia gasosa e a cromatografia supercrítica possuem características inerentes de tecnologia verde, mas a cromatografia líquida também pode ser aplicada nestes estudos segundo premissas de sustentabilidade pela redução e/ou substituição de solventes tóxicos e nocivos ao meio ambiente. É esta última, aplicada à análise de extratos de plantas brasileiras com reconhecidos usos etnofarmacológicos, o foco do projeto ora apresentado, que objetiva a substituição dos solventes orgânicos metanol e acetonitrila por etanol, produto atóxico, biodegradável e amplamente produzido no Brasil para outros fins. Em virtude da maior viscosidade de misturas água-etanol em relação àquelas contendo metanol ou acetonitrila, e da disponibilidade de cromatógrafos líquidos de alta eficiência com limites de pressão de aproximadamente 400 bar, procura explorar três estratégias: empregar colunas de fase reversa suportadas em sílica, ajustando-se a vazão da fase móvel ao limite de pressão do sistema; empregar colunas monolíticas, que permitem vazões mais elevadas sem grandes aumentos de pressão; e explorar a variável de temperatura, pois o aquecimento da fase móvel reduz a sua viscosidade, além de influenciar a termodinâmica e a cinética do processo de separação.

Publicações científicas (4)
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
CRISTIANO SOLEO FUNARI; ALBERTO JOSÉ CAVALHEIRO; RENATO LAJARIM CARNEIRO. Coupled monolithic columns as an alternative for the use of viscous ethanol–water mobile phases on chromatographic fingerprinting complex samples. REVISTA BRASILEIRA DE FARMACOGNOSIA-BRAZILIAN JOURNAL OF PHARMACOGNOSY, v. 28, n. 3, p. -, Jun. 2018.
FUNARI, CRISTIANO SOLEO; CAVALHEIRO, ALBERTO JOSE; CARNEIRO, RENATO LAJARIM. Coupled monolithic columns as an alternative for the use of viscous ethanol-water mobile phases on chromatographic fingerprinting complex samples. REVISTA BRASILEIRA DE FARMACOGNOSIA-BRAZILIAN JOURNAL OF PHARMACOGNOSY, v. 28, n. 3, p. 261-266, MAY-JUN 2018. Citações Web of Science: 0.
FUNARI, CRISTIANO SOLEO; CARNEIRO, RENATO LAJARIM; CREESE, MARI EGENESS; LEME, GABRIEL MAZZI; CAYALHEIRO, ALBERTO JOSE; HILDER, EMILY FRANCES. On Track for a Truly Green Propolis-Fingerprinting Propolis Samples from Seven Countries by Means of a Fully Green Approach. ACS SUSTAINABLE CHEMISTRY & ENGINEERING, v. 4, n. 12, p. 7110-7117, DEC 2016. Citações Web of Science: 4.
FERREIRA, VINICIUS G.; LEME, GABRIEL M.; CAVALHEIRO, ALBERTO J.; FUNARI, CRISTIANO S. Online Extraction Coupled to Liquid Chromatography Analysis (OLELC): Eliminating Traditional Sample Preparation Steps in the Investigation of Solid Complex Matrices. Analytical Chemistry, v. 88, n. 17, p. 8421-8427, SEP 6 2016. Citações Web of Science: 10.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.

Patente(s) depositada(s) como resultado deste projeto de pesquisa

APERFEIÇOAMENTO EM CROMATÓGRAFO A LÍQUIDO PARA EXTRAÇÃO DE MICROMOLÉCULAS DE MATRIZES SÓLIDAS E MÉTODO DE ANÁLISE CROMATOGRÁFICA UTILIZANDO DITO EQUIPAMENTO BR1020150210477 - Universidade Estadual Paulista (UNESP) . Alberto José Cavalheiro; Vinícius Guimarães Ferreira; Gabriel Mazzi Leme; Cristiano Soleo De Funari - 31 de agosto de 2015

 
Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.