Busca avançada
Ano de início
Entree

Análise do perfil de miRNAs associados a proteína SET e os seus efeitos na proliferação, invasão e migração em modelo de carcinoma espinocelular de boca usando modelos in vivo e in vitro

Processo: 10/18544-9
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de março de 2011
Vigência (Término): 28 de fevereiro de 2014
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Odontologia
Pesquisador responsável:Andréia Machado Leopoldino
Beneficiário:Lays Martin Sobral
Instituição-sede: Faculdade de Ciências Farmacêuticas de Ribeirão Preto (FCFRP). Universidade de São Paulo (USP). Ribeirão Preto , SP, Brasil
Assunto(s):Movimento celular   Neoplasias bucais   Transdução de sinais   MicroRNAs   Patologia

Resumo

microRNAS (miRNAs) são RNAs não codificantes, altamente conservados tendo como função a regulação da expressão gênica. Nos mamíferos, esta regulação acontece principalmente, através da inibição da tradução protéica. Os miRNAs exercem importantes funções em processos homeostáticos como, desenvolvimento, proliferação e morte celular. Recentemente, a desregulação da expressão de miRNAs vem sendo relacionada com iniciação e progressão de cânceres, indicando que estes miRNAs podem exercer papéis como genes supressores tumorais ou oncogenes. A função dos miRNAS na apoptose, proliferação e invasão de células tumorais, não está totalmente esclarecida, porém muitas evidências vem demonstrando que eles são importantes reguladores destes processos. O câncer de cabeça e pescoço incluindo o câncer oral consiste da sexta neoplasia mais comum mundialmente, compreendendo 4% dos casos de câncer em homens e 2% em mulheres. Mais de 90% dos casos de câncer de cabeça e pescoço são carcinomas espinocelulares (CEC) orais, o início e a progressão dos CECs orais é um complexo processo que se caracteriza pela aquisição progressiva de alterações genéticas e epigenéticas. Uma das proteínas identificadas por nosso grupo como aumentada em CEC oral foi a proteína SET, que possui ação no controle de expressão gênica e na migração celular. Alguns estudos vêm sendo realizados, no intuito de detectar o perfil de expressão de miRNAs em casos de CECs orais, e de determinar as características modulada por estes miRNAs. Os objetivos deste estudo são identificar miRNAs regulados pela SET em linhagens celulares de carcinoma espinocelular oral usando a estratégia de knockdown para SET ou superexpressão da SET em HEK293T, e verificar a influência destes miRNAs nos processos de apoptose, proliferação, invasão e mestástase destas células. Para estudar os efeitos da SET será utilizado também o modelo in vivo baseado em xenograft e em animal transgênico para aumentar a SET ou para impedir sua produção na célula.

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
SOBRAL, LAYS M.; COLETTA, RICARDO D.; ALBERICI, LUCIANE C.; CURTI, CARLOS; LEOPOLDINO, ANDREIA M. SET/I2PP2A overexpression induces phenotypic, molecular, and metabolic alterations in an oral keratinocyte cell line. FEBS Journal, v. 284, n. 17, p. 2774-2785, SEP 2017. Citações Web of Science: 4.
SOBRAL, LAYS M.; SOUSA, LUCAS O.; COLETTA, RICARDO D.; CABRAL, HAMILTON; GREENE, LEWIS J.; TAJARA, ELOIZA H.; GUTKIND, J. SILVIO; CURTI, CARLOS; LEOPOLDINO, ANDREIA M. Stable SET knockdown in head and neck squamous cell carcinoma promotes cell invasion and the mesenchymal-like phenotype in vitro, as well as necrosis, cisplatin sensitivity and lymph node metastasis in xenograft tumor models. Molecular Cancer, v. 13, FEB 20 2014. Citações Web of Science: 26.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.