Busca avançada
Ano de início
Entree

Parasitismo social intraespecífico como estratégia reprodutiva em abelhas sem ferrão (Apidae, Meliponini)

Processo: 10/19717-4
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de abril de 2011
Vigência (Término): 30 de novembro de 2013
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Zoologia - Comportamento Animal
Pesquisador responsável:Fábio Santos do Nascimento
Beneficiário:Denise de Araujo Alves
Instituição-sede: Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Ribeirão Preto (FFCLRP). Universidade de São Paulo (USP). Ribeirão Preto , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:10/10027-5 - Mediação comportamental, sinalização química e aspectos fisiológicos reguladores da organização social em himenópteros, AP.JP
Assunto(s):Meliponini   Abelhas

Resumo

Embora as colônias de insetos sociais sejam conhecidas pelo seu alto grau de cooperação, elas podem ser exploradas por parasitas sociais intraespecífcos. Esses indivíduos "trapaceiros" quando não encontram oportunidade de reprodução direta em seus próprios ninhos, eles obtêm-na em outros. Assim, sua prole recebe recursos alimentares e cuidados de indivíduos residentes e não-aparentados, que arcam com todos os custos dessa estratégia reprodutiva. O objetivo geral deste projeto é investigar o significado adaptativo do parasitismo social intraespecífico realizado por operárias reprodutivas e rainhas de abelha sem ferrão, bem como os mecanismos proximais que esses indivíduos usam para contornar os mecanismos que as colônias desenvolveram para se proteger. Como modelos de estudo, usaremos Melipona quadrifasciata, M. scutellaris e Scaptotrigona depilis. Cinco questões são formuladas: Operárias reprodutivas entram em ninhos não-natais? Caso as operárias reprodutivas entrem em ninhos não-natais, há a tendência de penetrar em colônias com rainhas-mãe ou órfãs? Dado que rainhas entram em ninhos não-natais, há uma relação positiva entre a proporção de rainhas produzidas e o número de rainhas que saem dos ninhos? O parasitismo social é exclusivo de espécies que produzem muitas rainhas? Rainhas burlam os mecanismos de proteção que as colônias desenvolveram? Para responder essas questões, será usada uma abordagem que parte da compilação de informações biológicas sobre os organismos estudados para testar hipóteses através de experimentos envolvendo comportamento-biologia molecular-ecologia química. Esperamos que os resultados obtidos sejam de interesse para a comunidade científica que trabalha com ecologia comportamental e evolutiva, em especial com evolução do comportamento social. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Livros publicados com apoio da FAPESP vencem Prêmio Jabuti  
Matéria(s) publicada(s) na Revista Pesquisa FAPESP sobre a bolsa:
Estranha no ninho 

Publicações científicas (7)
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
OLIVEIRA, RICARDO CALIARI; OI, CINTIA AKEMI; CASTRO DO NASCIMENTO, MAURICIO MEIRELLES; VOLLET-NETO, AYRTON; ALVES, DENISE ARAUJO; CAMPOS, MARIA CLAUDIA; NASCIMENTO, FABIO; WENSELEERS, TOM. The origin and evolution of queen and fertility signals in Corbiculate bees. BMC Evolutionary Biology, v. 15, NOV 16 2015. Citações Web of Science: 12.
VOLLET-NETO, AYRTON; DOS SANTOS, CHARLES FERNANDO; SANTIAGO, LEANDRO RODRIGUES; ALVES, DENISE DE ARAUJO; DE FIGUEIREDO, JULIA PINHEIRO; NANZER, MARINO; ARIAS, MARIA CRISTINA; IMPERATRIZ-FONSECA, VERA LUCIA. Diploid males of Scaptotrigona depilis are able to join reproductive aggregations (Apidae, Meliponini). JOURNAL OF HYMENOPTERA RESEARCH, v. 45, p. 125-130, 2015. Citações Web of Science: 4.
JAFFE, RODOLFO; PIOKER-HARA, FABIANA C.; DOS SANTOS, CHARLES F.; SANTIAGO, LEANDRO R.; ALVES, DENISE A.; KLEINERT, ASTRID DE M. P.; FRANCOY, TIAGO M.; ARIAS, MARIA C.; IMPERATRIZ-FONSECA, VERA L. Monogamy in large bee societies: a stingless paradox. NATURWISSENSCHAFTEN, v. 101, n. 3, p. 261-264, MAR 2014. Citações Web of Science: 15.
WENSELEERS, TOM; HELANTERA, HEIKKI; ALVES, DENISE A.; DUENEZ-GUZMAN, EDGAR; PAMILO, PEKKA. Towards greater realism in inclusive fitness models: the case of worker reproduction in insect societies. BIOLOGY LETTERS, v. 9, n. 6 DEC 23 2013. Citações Web of Science: 9.
VAN OYSTAEYEN, ANNETTE; ALVES, DENISE ARAUJO; OLIVEIRA, RICARDO CALIARI; DO NASCIMENTO, DANIELA LIMA; DO NASCIMENTO, FABIO SANTOS; BILLEN, JOHAN; WENSELEERS, TOM. Sneaky queens in Melipona bees selectively detect and infiltrate queenless colonies. ANIMAL BEHAVIOUR, v. 86, n. 3, p. 603-609, SEP 2013. Citações Web of Science: 8.
KAERCHER, MARTIN H.; MENEZES, CRISTIANO; ALVES, DENISE A.; BEVERIDGE, OLIVER S.; IMPERATRIZ-FONSECA, VERA-LUCIA; RATNIEKS, FRANCIS L. W. Factors influencing survival duration and choice of virgin queens in the stingless bee Melipona quadrifasciata. NATURWISSENSCHAFTEN, v. 100, n. 6, p. 571-580, JUN 2013. Citações Web of Science: 4.
JONES, SAM M.; VAN ZWEDEN, JELLE S.; GRUETER, CHRISTOPH; MENEZES, CRISTIANO; ALVES, DENISE A.; NUNES-SILVA, PATRICIA; CZACZKES, TOMER; IMPERATRIZ-FONSECA, VERA L.; RATNIEKS, FRANCIS L. W. The role of wax and resin in the nestmate recognition system of a stingless bee, Tetragonisca angustula. BEHAVIORAL ECOLOGY AND SOCIOBIOLOGY, v. 66, n. 1, p. 1-12, JAN 2012. Citações Web of Science: 16.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.
Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.