Busca avançada
Ano de início
Entree

Desenvolvimento de membranas biopoliméricas nanoestruturadas para liberação controlada de hormônios e semioquímicos

Processo: 10/19860-1
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de junho de 2011
Vigência (Término): 31 de março de 2012
Área do conhecimento:Engenharias - Engenharia de Materiais e Metalúrgica - Materiais Não-metálicos
Pesquisador responsável:Odilio Benedito Garrido de Assis
Beneficiário:Juliano Elvis de Oliveira
Instituição-sede: Embrapa Instrumentação Agropecuária. Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (EMBRAPA). Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Brasil). São Carlos , SP, Brasil
Assunto(s):Biopolímeros   Nanofibras   Ciclo estral animal   Pragas de plantas   Agronegócio   Eletrofiação

Resumo

A unidade da Embrapa Instrumentação, em São Carlos, SP, tem se dedicado, entre outras atividades de pesquisa, ao desenvolvimento de metodologias, instrumentos e tecnologias relacionadas à nanociência e nanotecnologia que contribuam para a melhoria da qualidade e competitividade do agronegócio brasileiro. Neste contexto, o objetivo deste projeto é o desenvolvimento de membranas de alta porosidade constituídas de fibras de espessuras nanométricas de polímeros biocompatíveis e biodegradáveis para potencial empregado em sistemas de liberação de prostaglandinas e feromônios tendo como meta o controle do ciclo estral e o monitoramento de pragas, respectivamente. Uma das principais razões para a utilização de técnicas de controle do ciclo estral em bovinos é a de expandir a utilização da inseminação artificial e acelerar o progresso genético do rebanho na melhoria da produção de carne e leite. As membranas serão produzidas pelas técnicas de eletrofiação e de fiação por sopro em solução. A incorporação de diferentes prostaglandinas(progesterona e medrohidroxiprogesterona) e semioquímicos ((E)-2-hexenal) será realizada através da adição de concentrações otimizadas em matrizes de poli(µ-caprolactona) e zeínas (proteínas do milho). Nas membranas obtidas serão realizadas análises morfológicas, cristalográficas, térmicas, de hidrofilicidade e espectroscópicas. Ensaios in vitro de cinética de liberação serão realizados, com auxilio de um dissolutor, por espectrofotometria, onde a absorbância das amostras será relacionada à concentração de prostaglandina de acordo com curvas de calibração, ensaios esses que contarão com a colaboração da Faculdade de Medicina Veterinária da USP em Pirassununga/SP. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
SOUZA, MICHELLE A.; OLIVEIRA, JULIANO E.; MEDEIROS, ELITON S.; GLENN, GREGORY M.; MATTOSO, LUIZ H. C. Controlled Release of Linalool Using Nanofibrous. Membranes of Poly(lactic acid) Obtained by Electrospinning and Solution Blow Spinning: A Comparative Study. Journal of Nanoscience and Nanotechnology, v. 15, n. 8, p. 5628-5636, AUG 2015. Citações Web of Science: 14.
SOUZA, MICHELLE ANDRADE; SAKAMOTO, KARINE YAMAMURA; CAPPARELLI MATTOSO, LUIZ HENRIQUE. Release of the Diclofenac Sodium by Nanofibers of Poly(3-hydroxybutyrate-co-3-hydroxyvalerate) Obtained from Electrospinning and Solution Blow Spinning. Journal of Nanomaterials, 2014. Citações Web of Science: 7.
OLIVEIRA, JULIANO ELVIS; MEDEIROS, ELITON SOUTO; CARDOZO, LUCIO; VOLL, FERNANDO; MADUREIRA, ED HOFFMANN; CAPPARELLI MATTOSO, LUIZ HENRIQUE; GARRIDO ASSIS, ODILIO BENEDITO. Development of poly(lactic acid) nanostructured membranes for the controlled delivery of progesterone to livestock animals. Materials Science & Engineering C-Materials for Biological Applications, v. 33, n. 2, p. 844-849, MAR 1 2013. Citações Web of Science: 23.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.