Busca avançada
Ano de início
Entree

Avaliação por métodos moleculares do potencial de bioatividade de compostos fenólicos biotransformados de chá

Processo: 10/17885-7
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de abril de 2011
Vigência (Término): 30 de novembro de 2012
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Ciência e Tecnologia de Alimentos - Ciência de Alimentos
Pesquisador responsável:Marcelo Lima Ribeiro
Beneficiário:Lara Ester Camara
Instituição-sede: Universidade São Francisco (USF). Campus Bragança Paulista. Bragança Paulista , SP, Brasil
Assunto(s):Biotransformação   Nutrigenômica   Ensaio cometa

Resumo

Bebidas ricas em polifenóis, como o chá-mate (Ilex paraguariensis) e chá-verde (Camellia sinensis), tem sido objeto de estudo e de inúmeras comprovações de suas propriedades funcionais. Dentre os vários compostos que poderiam atuar na quimioprevenção do câncer, a dieta poderia ser um interessante alvo de pesquisas, devido a sua alta tolerabilidade e baixa toxicidade. Neste sentido, diversos trabalhos indicam que bebidas ricas em polifenóis, como o chá-mate e chá-verde possuem uma série de funções biológicas, tais como: ação antioxidante; antiinflamatória; imunomodulatória e anticancerígena. Recentemente, trabalhos desenvolvidos pelo nosso grupo de pesquisa têm contribuído para os avanços no conhecimento das propriedades funcionais da erva-mate. O grande número de compostos polifenólicos presentes nestes produtos variam extensamente em estrutura química e conseqüentemente em sua função biológica. A diversidade estrutural dos polifenóis e a baixa capacidade de absorção de alguns deles, são as principais causas da dificuldade existente em estabelecer as relações entre os compostos ativos e os efeitos funcionais descritos para estes alimentos. O presente projeto propõe a avaliação da funcionalidade dos principais polifenóis presentes no chá-mate e chá-verde, depois de biotransformados por reação enzimática, utilizando modelos experimentais in vitro.