Busca avançada
Ano de início
Entree

Avaliação dos benefícios da adoção de boas práticas de manejo na promoção do bem-estar de bezerros leiteiros

Processo: 11/00388-3
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de abril de 2011
Vigência (Término): 28 de fevereiro de 2015
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Zootecnia - Produção Animal
Pesquisador responsável:Mateus José Rodrigues Paranhos da Costa
Beneficiário:Lívia Carolina Magalhães Silva
Instituição-sede: Faculdade de Ciências Agrárias e Veterinárias (FCAV). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Jaboticabal. Jaboticabal , SP, Brasil
Bolsa(s) vinculada(s):14/04344-9 - Avaliação de indicadores de bem-estar de bovinos leiteiros em sistemas biológicos e convencionais: uma abordagem comparativa, BE.EP.DR
Assunto(s):Comportamento animal   Manejo animal   Bem-estar do animal   Bezerros   Bovinocultura leiteira

Resumo

Os objetivos deste estudo serão avaliar os efeitos da adoção de um protocolo de boas práticas de manejo no bem-estar de bezerros leiteiros, bem como avaliar os efeitos específicos da presença da mãe nas primeiras 24 horas e da estimulação tátil nesses animais. Para tanto serão realizados dois experimentos, ambos com 48 bezerros da raça Holandesa, acompanhando-os desde o nascimento até 120 dias de idade. No experimento 1, serão adotados dois tratamentos: o manejo controle (bezerros mantidos em casinhas tropicais durante todo o período de aleitamento e com desmama abrupta) e o manejo racional (MR), composto pelo conjunto das boas práticas de manejo (aleitamento em baldes com bicos, interação social entre os bezerros e tratador-bezerro, estimulação tátil e desmama progressiva). O experimento 2 será composto por 4 tratamentos (fatorial completo 2x2) com todos os bezerros manejados com MR, avaliando-se os efeitos da presença da mãe nas primeiras 24 de horas e da estimulação tátil até a desmama, definindo os seguintes tratamentos: T1= os bezerros terão a presença da mãe nas primeiras 24 horas de vida e não terão estimulação tátil; T2= os bezerros terão a presença da mãe nas primeiras 24 horas e receberão estimulação tátil; T3= os bezerros serão apartados das mães logo após o nascimento e não receberão estimulação tátil; T4= os bezerros serão apartados das mães logo após o nascimento e receberão estimulação tátil. Em ambos os estudos serão avaliados indicadores de saúde, de comportamento e desempenho dos bezerros. Serão realizadas análises de variância com medidas repetidas, adotando-se o método da máxima verosimilhança restrita (REML). Para as variáveis que apresentarem distribuição normal será utilizado o procedimento MIXED e para aquelas que não apresentarem distribuição normal será utilizado procedimento GENMOND; todas análises estatísticas serão realizadas no programa estatístico SAS. (AU)

Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
SILVA, Lívia Carolina Magalhães. Avaliação dos benefícios da adoção de boas práticas de manejo no bem-estar de bezerros leiteiros. 2015. Tese de Doutorado - Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho" Faculdade de Ciências Agrárias e Veterinárias..

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.