Busca avançada
Ano de início
Entree

Efeito da melatonina sobre as subpopulações de células endoteliais presentes em cultura primária

Processo: 11/01304-8
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de julho de 2011
Vigência (Término): 31 de dezembro de 2014
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Fisiologia - Fisiologia Geral
Pesquisador responsável:Regina Pekelmann Markus
Beneficiário:Marina Marçola Pereira de Freitas
Instituição-sede: Instituto de Biociências (IB). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Melatonina   Fenômenos fisiológicos celulares   Terapia baseada em transplante de células e tecidos   Células endoteliais

Resumo

O endotélio forma uma camada monocelular interligada por junções celulares e estruturas adesivas. As células endoteliais constituem a camada interna dos vasos sanguíneos e controla diversos processos vasculares e imunológicos. Disfunções e obstruções da camada endotelial contribuem para o desenvolvimento de doenças severas. Células progenitoras, principalmente de origem hematopoiéticas, são recrutadas a fim de reconstituírem a integridade do vaso sendo capazes de se diferenciar em células endoteliais maduras, são, portanto, denominadas de células endoteliais progenitoras e são responsáveis pelos processos de vasculogênese e angiogênese. Devido à sua posição privilegiada, o endotélio está susceptível a qualquer alteração sanguínea e tecidual. Dessa forma, a melatonina, hormônio produzido ritmicamente pela glândula pineal, interfere na reatividade das células endoteliais. Estas quando coletadas de animais sacrificados durante a noite, horário de maior pico de produção de melatonina, estão em estado de ativação menor, quando comparadas às células obtidas de animais sacrificados durante o dia. Além disso, a melatonina é capaz de diminuir a interação neutrófilo-endotélio e a produção de óxido nítrico nas células endoteliais. Em nosso modelo de cultura, verificamos que o crescimento celular não é inibido por contato quando as células atingem confluência, o que sugere a presença de células progenitoras com elevada capacidade proliferativa. Este projeto tem como objetivo verificar a presença de células endoteliais progenitoras no modelo de cultura celular realizado a partir da migração e adesão espontânea de células de vasos do músculo cremáster. Além disso, serão avaliadas as características fenotípicas e funcionais das subpopulações celulares, e também os possíveis fatores de transcrição relacionados com a diferenciação de células endoteliais. Visto que a melatonina interfere na atividade de células endoteliais, iremos avaliar sua ação na presença e função das células endoteliais progenitoras.

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
MARCOLA, MARINA; LOPES-RAMOS, CAMILA M.; PEREIRA, ELIANA P.; CECON, ERIKA; FERNANDES, PEDRO A.; TAMURA, EDUARDO K.; CAMARGO, ANAMARIA A.; PARMIGIANI, RAPHAEL B.; MARKUS, REGINA P. Light/Dark Environmental Cycle Imposes a Daily Profile in the Expression of microRNAs in Rat CD133(+) Cells. Journal of Cellular Physiology, v. 231, n. 9, p. 1953-1963, SEP 2016. Citações Web of Science: 5.
CECON, ERIKA; CHEN, MIN; MARCOLA, MARINA; FERNANDES, PEDRO A. C.; JOCKERS, RALF; MARKUS, REGINA P. Amyloid beta peptide directly impairs pineal gland melatonin synthesis and melatonin receptor signaling through the ERK pathway. FASEB JOURNAL, v. 29, n. 6, p. 2566-2582, JUN 2015. Citações Web of Science: 25.
MARCOLA, MARINA; RODRIGUES, CAMILA ELEUTERIO. Endothelial Progenitor Cells in Tumor Angiogenesis: Another Brick in the Wall. STEM CELLS INTERNATIONAL, 2015. Citações Web of Science: 28.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.