Busca avançada
Ano de início
Entree

Estudo hodológico e neuroquímico das aferências aos neurônios da raiz coclear

Processo: 11/02214-2
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de abril de 2011
Vigência (Término): 30 de novembro de 2012
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Morfologia - Anatomia
Pesquisador responsável:José de Anchieta de Castro e Horta Júnior
Beneficiário:Rian Stenico Beduschi
Instituição-sede: Instituto de Biociências (IBB). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Botucatu. Botucatu , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:08/02771-6 - Estudo hodológico, neuroquímico e comportamental das aferências ao primeiro núcleo do circuito neural do reflexo auditivo de sobressalto: núcleo da raiz coclear, AP.JP
Assunto(s):Neurônios   Cóclea   Sistema nervoso central

Resumo

Os neurônios da raiz coclear são os primeiros neurônios do sistema nervoso central a receber a informação auditiva proveniente da cóclea e conectam-se com centros de integração sensoriomotora do tronco encefálico, especialmente com o núcleo reticular caudal da ponte. Funcionalmente os neurônios da raiz coclear estão envolvidos no circuito elementar do reflexo auditivo de sobressalto juntamente com as células ganglionares do órgão de Corti, o núcleo reticular caudal da ponte e os motoneurônios da medula espinal. O reflexo auditivo de sobressalto apresenta uma série de modulações como a habituação, a sensibilização, a inibição por estímulo prévio e a potenciação por um estímulo adverso. As alterações na reação reflexa de sobressalto em suas diferentes modulações possuem valor diagnóstico na clínica médica de enfermidades neurodegenerativas e psiquiátricas como Parkinson e esquizofrenia. As modulações do reflexo auditivo de sobressalto ocorrem mediante a influência de diversos núcleos sobre os componentes do circuito elementar deste reflexo. O núcleo menos estudado do circuito neural do reflexo auditivo de sobressalto é o núcleo da raiz coclear. O padrão de conectividade eferente dos neurônios da raiz coclear é bem conhecido, porém pouco se conhece sobre as origens de suas aferências e a identidade neuroquímica das mesmas. Estudos prévios demonstraram que o soma e os dendritos dos neurônios da raiz coclear estão cobertos por botões sinápticos de quatro tipos, sugerindo que existam diversas origens para estes terminais axônicos, com características neuroquímicas próprias. O conhecimento das aferências aos neurônios da raiz coclear será relevante para compreender qual o papel do núcleo da raiz coclear nas modulações do reflexo auditivo de sobressalto. Pretendemos estudar quais são as origens das aferências aos neurônios da raiz coclear com técnicas de mapeamento de vias nervosas, reconhecer a identidade neuroquímica destas aferências mediante técnicas de imunoistoquímica. OBJETIVOS (numerados de acordo com o projeto principal): 1- Estudar a hodologia das aferências ao primeiro núcleo do circuito elementar do reflexo auditivo de sobressalto: o núcleo da raiz coclear constituído pelos CRN. Para alcançar este objetivo são necessários experimentos de mapeamento de vias neurais em ambos sentidos (anterógrado e retrógrado), injetando traçadores neurais mediante abordagem estereotáxica no núcleo da raiz coclear e nos núcleos identificados como origem de suas aferências. 2- Estudar a identidade neuroquímica das aferências aos CRN. Para alcançar este objetivo pretendemos utilizar o material coletado durante a execução do objetivo 1 e armazenado a -20 °C, no intuído de evitar a repetição desnecessária de experimentos. Estudaremos imunoistoquimicamente a identidade neuroquímica dos terminais axônicos presentes na raiz coclear. Sempre que possível tentaremos co-localizar a caracterização neuroquímica dos terminais axônicos com a marcação obtida com traçador anterógrado. (AU)

Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.