Busca avançada
Ano de início
Entree

Efeitos da redução da função colinérgica induzida por modificação genética no epitélio nasal e de vias aéreas e na produção de muco em camundongos com inflamação pulmonar alérgica crônica

Processo: 11/02423-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de março de 2011
Vigência (Término): 29 de fevereiro de 2012
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Fisiologia - Fisiologia de Órgãos e Sistemas
Pesquisador responsável:Carla Máximo Prado
Beneficiário:Ana Beatriz Escobedo Montanheiro
Instituição-sede: Instituto de Ciências Ambientais, Químicas e Farmacêuticas (ICAQF). Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP). Campus Diadema. Diadema , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:08/55359-5 - Avaliação da função e da histopatologia pulmonar em modelo experimental de redução da função colinérgica em camundongos geneticamente modificados, AP.JP
Assunto(s):Asma   Epitélio   Muco   Inflamação

Resumo

Resumo: A Asma Brônquica é uma doença de alta prevalência, alta morbidade e mortalidade e que gera custos significativos ao Sistema Único de Saúde. De forma geral, a fisiopatologia desta doença é caracterizada por obstrução ao fluxo aéreo, reversível ou não, e processo inflamatório pulmonar. Sabe-se que o epitélio brônquico é uma das primeiras células a serem danificadas com o estímulo antigênico, e está envolvido na liberação de diversos mediadores inflamatório. Também já foi demonstrado que em muitos asmáticos o epitélio nasal também está alterado. A recente descrição do sistema colinérgico anti-inflamatório e a detecção de alguns de seus componentes, tais como a acetilcolina, o transportador de alta afinidade (ChT1), o transportador vesicular de acetilcolina (VAChT) e receptores de acetilcolina, em células de vias aéreas sugere uma importante participação deste sistema na fisiopatologia das doenças pulmonares. Considerando evidências que mostram efeitos importante da acetilcolina nas células epiteliais e na produção de muco, e baseado em nossos resultados iniciais que mostram importante espessamento do epitélio em animais homozigotos, julgamos que a avaliação detalhada do epitélio poderá contribuir com os resultados finais deste projeto jovem pesquisador. Objetivos: Avaliar os efeitos da hipofunção colinérgica induzida por modificação genética para redução da proteína transportadora vesicular de acetilcolina no epitélio nasal e brônquico e na produção e composição do muco em camundongos com inflamação pulmonar alérgica crônica.Resultados esperados: Baseado no que se tem de dados na literatura referente ao sistema colinérgico anti-inflamatório, espera-se que a redução da função colinérgica (deficiência de VachT) induza uma piora da produção de muco associada a alteração epitelial particularmente em animais submetidos a sensibilização crônica.