Busca avançada
Ano de início
Entree

Descritores de trofia de uma série de reservatórios mediterrâneos (Catalunha, Espanha)

Processo: 11/02952-3
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Pesquisa
Vigência (Início): 01 de setembro de 2011
Vigência (Término): 28 de agosto de 2012
Área do conhecimento:Engenharias - Engenharia Sanitária - Saneamento Ambiental
Pesquisador responsável:Viviane Moschini Carlos
Beneficiário:Viviane Moschini Carlos
Anfitrião: Juan Armengol Bachero
Instituição-sede: Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus Experimental de Sorocaba. Sorocaba , SP, Brasil
Local de pesquisa : Universitat de Barcelona (UB), Espanha  
Assunto(s):Qualidade da água   Eutrofização   Reservatórios   Fitoplâncton

Resumo

Os reservatórios apresentam dinâmica própria, influenciado tanto pelos fatores externos como internos. Possuem gradientes horizontais e verticais e um contínuo fluxo de água em direção a zona da barragem. A eutrofização é um dos principais problemas nos reservatórios, pois está associado à redução da qualidade das águas e uma das conseqüências é o aumento da biomassa na comunidade dos produtores primários. A estrutura física do ecossistema aquático e a disponibilidade de nutrientes são direta ou indiretamente, as mais importantes variáveis que influenciam a composição de espécies do fitoplâncton. Devido ao impacto que a composição de espécies do fitoplâncton pode causar ao funcionamento dos ecossistemas aquáticos, é crucial o entendimento dos fatores que governam as associações e a estrutura dessa comunidade. O estudo comparativo de reservatórios com diferentes espectros tróficos é uma forma de identificar padrões e regras gerais que expliquem, pelo menos parcialmente, as associações fitoplanctônicas ao longo de determinada condição trófica. Nos rios espanhóis circulam anualmente cerca de 106.000 hectômetros cúbicos de água, mas só se aproveita cerca de 9.000, devido à irregularidade dos canais. Para suprir a demanda de água foram construídos na Espanha 1200 reservatórios, elevando assim para 53.000 hectômetros cúbicos da quantidade teórica utilizável. A hipótese dessa pesquisa é verificar como a comunidade fitoplanctônica responde as diferentes trofias de uma série de reservatórios mediterrâneos (La Llosa del Cavall - La Baells - Sant Pon - Santa Fé - Susqueda - Sal - Foix), localizados na Catalunha (Espanha). Esses reservatórios estão localizados ao longo de gradiente de altitude, mas na mesma eco-região, possuem similares tipologia geológica e formam um gradiente trófico indo de oligotrófico a hipereutrófico. Dessa forma, o objetivo desse projeto é realizar um estudo sobre a trofia dessa série de reservatórios e verificar a distribuição espacial horizontal da comunidade fitoplanctônica ao longo de um eixo longitudinal. Será utilizada a classificação funcional de Reynolds et al. (2002), para descrever as maiores mudanças da estrutura do fitoplâncton ao longo de um gradiente de disponibilidade recursos (nutrientes e luz). Esta pesquisa será supervisionada pelo Dr. Joan Armengol Bachero (Departamento de Ecologia, da Faculdade de Biologia, da Universidade de Barcelona, Espanha) e se insere nos trabalhos do "Grupo de Investigación de Excelencia de la Generalitat de Catalunya en Dinámica Fluvial - FLUMEN" coordenado pelo referido professor. Espera-se também que a experiência adquirida no exterior e a continuidade do contato com os pesquisadores do FLUMEN permitam contribuir no maior e melhor conhecimento de questões ecológicas dos reservatórios da região metropolitana de São Paulo e na solução dos inúmeros problemas ambientais e de qualidade da água que afligem esses reservatórios. Este projeto também tem como meta compreender aspectos da Diretiva Quadro da Água (DQA) para aplicação nos estudos em reservatórios tropicais brasileiros. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
MOSCHINI-CARLOS, VIVIANE; POMPEO, MARCELO; NISHIMURA, PAULA YURI; ARMENGOL, JOAN. Phytoplankton as trophic descriptors of a series of Mediterranean reservoirs (Catalonia, Spain). Fundamental and Applied Limnology, v. 191, n. 1, p. 37-52, DEC 2017. Citações Web of Science: 0.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.