Busca avançada
Ano de início
Entree

Tráfego intracelular de vetores não-virais: desenvolvimento de proteínas de fusão para o transporte de DNA plasmidial através da interação com proteínas motoras

Processo: 11/50012-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado Direto
Vigência (Início): 01 de maio de 2011
Vigência (Término): 31 de dezembro de 2013
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Bioquímica
Pesquisador responsável:Adriano Rodrigues Azzoni
Beneficiário:Marcelo Augusto Szymanski de Toledo
Instituição-sede: Centro de Biologia Molecular e Engenharia Genética (CBMEG). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Assunto(s):Proteínas recombinantes   Proteínas motores moleculares   Dineínas   Terapia genética   DNA   Interferência de RNA   Transfecção

Resumo

Apesar de seguros e simples de produzir, o uso de vetores não virais como o DNA plasmidial (PDNA) em estudos de terapia gênica e vacinação por DNA tem sido limitado pela baixa eficiência quando comparados aos vetores virais. Essa limitação provém principalmente da limitada capacidade de superar as barreiras físicas, enzimáticas e difusionais encontradas durante o tráfego para o interior do núcleo das células alvo. O principal objetivo do projeto aqui proposto é o estudo e desenvolvimento de proteínas recombinantes de fusão capazes de interagir e facilitar o transporte intracelular de PDNA explorando-se a capacidade natural da proteína motora dineína para o transporte de cargas da periferia para o interior (centros soma) de células de mamífero. Proteínas de fusão contendo domínios ou sequências N-terminais de ligação ao DNA (16 resíduos de aminoácidos básicos) e domínios C-terminais de ligação à dineínas serão primeiramente clonadas e produzidas em E. coli. As interações proteínas de fusão-pDNA serão então avaliadas em ensaios in vitro e por transfecções de células de mamífero em cultura, utilizando-se a Luciferase como gene repórter. Através diversas técnicas de microscopia serão avaliadas a capacidade das proteínas de fusão de facilitar o tráfego intracelular do PDNA através de interações com dineínas. O projeto visa também avaliar a utilização do sistema de entrega gênica estudado para transportar moléculas de RNA dupla fita que, através da maquinaria de RNA de interferência presente na célula, possibilitará a modulação ou silencia mento de genes alvos. Adicionalmente, o presente estudo caracterizará, in vitro, como consequência dos estudos das cadeias leves recombinantes, a interação destas com a cadeia intermediária humana, presente no complexo dineína. De modo geral, o presente estudo visa desenvolver um sistema efetivo e seguro de entrega gênica utilizando-se vetores não virais e consequentemente levantará diversas informações sobre o complexo dineína e o transporte celular. (AU)

Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.