Busca avançada
Ano de início
Entree

Análise da estrutura agrícola, fundiária e da gestão da Coordenadoria de Assistência Técnica Integral (CATI) nas microbacias do Córrego Fundo e do Pinho-Água do Jacu e Mundo Novo quanto à agricultura familiar no município de Ourinhos, SP

Processo: 10/16265-5
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de maio de 2011
Vigência (Término): 30 de abril de 2012
Área do conhecimento:Ciências Humanas - Geografia - Geografia Humana
Pesquisador responsável:Maria Cristina Perusi
Beneficiário:Camila Al Zaher
Instituição-sede: Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Ourinhos. Ourinhos , SP, Brasil
Assunto(s):Agricultura familiar   Diagnóstico socioambiental   Bacia hidrográfica   Ourinhos (SP)

Resumo

A configuração espacial da agricultura brasileira, desde a colonização, caracteriza-se pelo predomínio de propriedades essencialmente latifundiárias, predominantemente monocultoras e agroexportadoras. A essas características, soma-se o processo desigual de "modernização" da agricultura a partir da década de 1960, com apoio do Governo Federal, buscando atingir maiores níveis de produção. Por outro lado, destacam-se em números, pequenas propriedades, menores que 30 ha, com o predomínio da agricultura familiar, responsável pela produção dos principais gêneros alimentícios que chegam às mesas dos brasileiros. O município de Ourinhos, localizado a sudoeste do estado de São Paulo, tem sua base econômica essencialmente fundamentada na agricultura. Destaca-se a participação da COORDENADORIA DE ASSISTÊNCIA TÉCNICA INTEGRAL (CATI), como responsável por atender pequenos proprietários rurais, desenvolvendo programas e ações participativas como o plano de microbacias. Nessas condições, presume-se que as microbacias contempladas com projetos do referido órgão devam apresentar melhores produções e menores problemas ambientais como: erosão, assoreamento, perda de fertilidade do solo, etc. Sendo assim, o objetivo geral desse trabalho é definir quais são as características agrícolas e fundiárias do município no período de 1960 a 2006 e avaliar o papel da CATI nas pequenas propriedades. Para tanto, utilizar-se-á dados dos Censos Agropecuários e Produção Agrícola Municipal além dos Censos Demográficos do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Para comparação entre as microbacias; Córrego Fundo e Córrego do Pinho - Água do Jacu e Mundo Novo, trabalhar-se-á com questionário sócio-ambiental, respectivamente, em 35 e 62 pequenas propriedades rurais. (AU)