Busca avançada
Ano de início
Entree

Influência da MKO-431 em glândulas salivares de camundongos espontaneamente diabéticos

Processo: 11/02262-7
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de maio de 2011
Vigência (Término): 30 de abril de 2012
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Morfologia - Anatomia
Pesquisador responsável:Eduardo José Caldeira
Beneficiário:Ana Luyza Domingues da Silva Faria
Instituição-sede: Faculdade de Medicina de Jundiaí (FMJ). Prefeitura Municipal de Jundiaí. Jundiaí , SP, Brasil
Assunto(s):Glândulas salivares   Diabetes mellitus

Resumo

O diabetes mellitus ainda é uma condição irreversível e de grande importância na saúde pública, estando relacionado a diversas complicações, tais como processos degenerativos, inflamações, infecções e alterações teciduais, inclusive nos tecidos salivares. As incretinas por sua vez, são agentes hipoglicemiantes e podem reverter estes danos teciduais causados pelo diabetes. Estes hormônios são liberados pelo intestino em condições hiperglicêmicas, contudo sua atividade é rápida devido a atuação da enzima dipeptidil peptidase-4 (DPP-4). Dessa forma, inibindo a DPP-4 poder-se-ia obter uma maior ação das incretinas no controle da hiperglicemia e na possível recuperação e preservação de tecidos e órgãos, inclusive das glândulas salivares. Assim, o objetivo do presente estudo será analisar os efeitos deletérios da hiperglicemia sobre as glândulas salivares parótida e submandibular de camundongos diabéticos, principalmente avaliando o estroma glandular e correlacionando os possíveis efeitos terapêuticos e hipoglicemiantes obtidos sobre estes tecidos com o uso da Sitagliptina (MKO-431), inibidor da DPP-4. Serão utilizados 10 camundongos NOD diabéticos, divididos da seguinte forma: 5 camundongos no Grupo Controle (Grupo I) e 5 camundongos no Grupo Tratado (Grupo II). Imediatamente após a caracterização da condição diabética, os animais do Grupo II receberão ração com adição do princípio ativo MKO-431 na proporção de 43mg/kg por um período de 4 semanas. Para simular estas condições experimentais, os animais do Grupo I serão manipulados da mesma forma e receberão como dieta sólida ração na forma de grãos e água ad-libitum durante o mesmo período, porém sem adição de agentes hipoglicemiantes. Após o período experimental os animais de todos os grupos serão submetidos à coleta das glândulas salivares para análises em microscopia de luz transmitida e polarizada, complementadas pela análise estereológica dos tecidos. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
DOMINGUES DA SILVA FARIA, ANA LUYZA; DIAS, MARCO ANTONIO; LEME, VINICIUS BARICHELO; MAYORAL, EBER EMANUEL; DA SILVA, RODRIGO EDUARDO; MANCIO, RAFAEL DIAS; FERREIRA JUNIOR, RUI SEABRA; CALDEIRA, EDUARDO JOSE. Dipeptidyl peptidase IV inhibitor improves the salivary gland histology of spontaneously diabetic mice. ARCHIVES OF ORAL BIOLOGY, v. 58, n. 7, p. 755-761, JUL 2013. Citações Web of Science: 1.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.