Busca avançada
Ano de início
Entree

Efeito do sulfeto de hidrogênio (H2S) na resposta ventilatória a hipercapnia

Processo: 10/52466-5
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de julho de 2011
Vigência (Término): 31 de maio de 2014
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Fisiologia - Fisiologia de Órgãos e Sistemas
Pesquisador responsável:Luiz Guilherme de Siqueira Branco
Beneficiário:Glauber dos Santos Ferreira da Silva
Instituição-sede: Faculdade de Odontologia de Ribeirão Preto (FORP). Universidade de São Paulo (USP). Ribeirão Preto , SP, Brasil
Bolsa(s) vinculada(s):12/02413-8 - Efeito do sulfeto de hidrogênio (H2S) na geração do ritmo inspiratório na preparação in vitro (pré-botzinger medullary slice), BE.EP.PD
Assunto(s):Fenômenos fisiológicos circulatórios e respiratórios   Respiração (fisiologia)   Sulfeto de hidrogênio

Resumo

O sulfeto de hidrogênio (H2S), descrito recentemente como terceiro membro do grupo de neurotransmissores gasosos, é produzido endogenamente por vias metabólicas com participação predominante de duas enzimas: cistationina beta-sintase (CBS) e cistationina gama-liase (CSE). No corpúsculo carotídeo foi descrita a presença e participação da CBS e CSE para gerar H2S em resposta à hipóxia, enquanto que a presença e distribuição dessas enzimas até o momento não foram descritas em regiões específicas do tronco encefálico, em especial àquelas envolvidas nas respostas ventilatórias à hipercapnia (núcleo retro trapezóide, Locus coeruleos- LC e núcleos da rafe). Visto que não é conhecido o efeito central do H2S nas respostas ventilatórias à hipercapnia, somando-se ao potencial terapêutico para a utilização deste gás na prática clínica, é de suma importância estudar os mecanismos centrais pelos quais o H2S participa do controle respiratório, em especial os aspectos relacionados à quimiorrecepção central ao CCVpH, nunca descrito anteriormente. Com isso, o presente projeto visa estudar o efeito do H2S nas respostas ventilatórias à hipercapnia, e será subdividido em três subprojetos com os seguintes objetivos: 1) estudar o efeito da micro injeção no quarto ventrículo dos inibidores das enzimas CSE e CBS e doador de H2S nas respostas ventilatórias à hipercapnia, 2) Através da imunohistoquímica, analisar a presença e distribuição das enzimas CBS e CSE no tronco encefálico, em especial nas regiões relacionadas à quimiorrecepção central e 3) Uma vez caracterizada a presença destas enzimas em regiões específicas, estudar o efeito da micro injeção intra-núcleo dos inibidores das enzimas CSE e CBS e doador de H2S nas respostas ventilatórias à hipercapnia. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
DA SILVA, GLAUBER S. F.; GLASS, MOGENS L.; BRANCO, LUIZ G. S. Temperature and respiratory function in ectothermic vertebrates. Journal of Thermal Biology, v. 38, n. 2, p. 55-63, FEB 2013. Citações Web of Science: 13.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.
Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.