Busca avançada
Ano de início
Entree

Investigação da modulação cognitivo-afetiva na depressão com o uso da estimulação transcraniana por corrente contínua e sertralina: estudo randomizado, duplo-cego, placebo-controlado

Processo: 11/00212-2
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de abril de 2011
Vigência (Término): 31 de março de 2012
Área do conhecimento:Ciências Humanas - Psicologia - Psicologia Experimental
Pesquisador responsável:Felipe Fregni
Beneficiário:Tamires Araujo Zanão Mariano
Instituição-sede: Instituto de Psicologia (IP). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Transtorno depressivo maior   Plasticidade neuronal   Estimulação cerebral   Estimulação transcraniana por corrente contínua   Sertralina

Resumo

O transtorno depressivo maior (TDM) está associado a um prejuízo significativo em algumas funções cognitivas, tais como memória e atenção. Um aspecto importante na depressão é a modulação aberrante da saliência, que é maior para estímulos negativos e menor para estímulos positivos do ambiente. Esta "disfunção cognitivo-afetiva" é regulada por várias estruturas corticais e subcorticais, incluindo o córtex pré-frontal. Estudos de neuroimagem e eletroencefalografia quantitativa também mostram disfunção do córtex pré-frontal na TDM. O córtex pré-frontal pode ser modulado pela estimulação transcraniana por corrente contínua (ETCC) - uma técnica de estimulação cerebral não invasiva e relativamente simples que consiste na aplicação e indução de uma corrente elétrica contínua de baixa intensidade no córtex cerebral via eletrodos colocados no escalpe, conforme mostram estudos de modelamento de campos elétricos. Em estudos prévios e em andamento, nosso grupo tem explorado o uso da ETCC na modulação cognitiva e emocional em voluntários saudáveis e em algumas condições neuropsiquiátricas. A proposta deste projeto é utilizar a ETCC para estudar aspectos afetivo-cognitivos na TDM, tendo como base um ensaio clínico em andamento (que recebe suporte da FAPESP - processo número 2009/05728-7) em que são comparados os efeitos terapêuticos de 4 intervenções: ETCC ativa e sertralina, ETCC ativa e antidepressivo placebo, ETCC "sham" (simulada, ou seja, o aparelho é montado normalmente, porém ligado por apenas 30 segundos) e sertralina e, finalmente, ETCC "sham" e antidepressivo placebo. Os pacientes recebem ETCC ativa ou "sham" por dez dias consecutivos (exceto aos finais de semana), depois a cada duas semanas, sendo o tempo total do estudo de seis semanas. Nossa proposta é utilizar uma amostra de 40 pacientes recrutados pelo projeto descrito para mensurar, através de dois testes computadorizados, as alterações cognitivo-afetivas induzidas pela ETCC e antidepressivo sertralina nestes pacientes. Utilizaremos os testes "Probabilistic Classification Learning" (PCL) e o "Stroop Afetivo" para mensurar as alterações cognitivo-afetivas desses pacientes. No PCL, o sujeito deve predizer a condição climática (sol ou chuva) com base em pistas probabilísticas, enquanto que no Stroop Afetivo testa-se o "efeito Stroop" (lentidão de processamento quando apresentada a palavra de uma cor pintada de uma outra cor, por ex. "verde" pintado em azul), porém com palavras de conteúdo afetivo negativo ou positivo (por ex. "vida" e "morte"). Os indivíduos serão avaliados em seis ocasiões: antes e após a primeira estimulação, antes e após a décima estimulação (segunda semana) e finalmente, antes e após a estimulação da sexta semana. Os testes citados medem três desfechos: erros, acertos e tempo de reação, sendo comparados a melhora no desempenho entre os grupos, após um dia, após 2 semanas e após 6 semanas. Desta maneira, poderemos verificar se nossa hipótese (melhora de desempenho cognitivo-afetivo após ETCC) é válida tanto ao longo do tempo quanto em relação a dois grupos controles: um que recebe sertralina e outro que recebe apenas placebo. Este estudo é factível para uma aluna de Iniciação Científica na área de Psicologia em termos de conteúdo e de cronograma do estudo. Os resultados desse estudo poderão, portanto, complementar de forma significativa o projeto a que está ligado, pois irá prover importante evidência a respeito do mecanismo de disfunção cognitiva em pacientes com TDM. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
BRUNONI, ANDRE RUSSOWSKY; ZANAO, TAMIRES ARAUJO; FERRUCCI, ROBERTA; PRIORI, ALBERTO; VALIENGO, LEANDRO; DE OLIVEIRA, JANAINA FARIAS; BOGGIO, PAULO S.; LOTUFO, PAULO A.; BENSENOR, ISABELA M.; FREGNI, FELIPE. Bifrontal tDCS prevents implicit learning acquisition in antidepressant-free patients with major depressive disorder. PROGRESS IN NEURO-PSYCHOPHARMACOLOGY & BIOLOGICAL PSYCHIATRY, v. 43, p. 146-150, . (11/00212-2)
BRUNONI, ANDRE RUSSOWSKY; ZANAO, TAMIRES ARAUJO; VANDERHASSELT, MARIE-ANNE; VALIENGO, LEANDRO; DE OLIVEIRA, JANAINA FARIAS; BOGGIO, PAULO S.; LOTUFO, PAULO A.; BENSENOR, ISABELA M.; FREGNI, FELIPE. Enhancement of Affective Processing Induced by Bifrontal Transcranial Direct Current Stimulation in Patients With Major Depression. NEUROMODULATION, v. 17, n. 2, p. 138-142, . (11/00212-2)
BRUNONI, ANDRE R.; VALIENGO, LEANDRO; BACCARO, ALESSANDRA; ZANAO, TAMIRES A.; DE OLIVEIRA, JANAINA F.; GOULART, ALESSANDRA; BOGGIO, PAULO S.; LOTUFO, PAULO A.; BENSENOR, ISABELA M.; FREGNI, FELIPE. The Sertraline vs Electrical Current Therapy for Treating Depression Clinical Study Results From a Factorial, Randomized, Controlled Trial. JAMA PSYCHIATRY, v. 70, n. 4, p. 383-391, . (11/00212-2, 09/05728-7)

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.