Busca avançada
Ano de início
Entree

Influência de densidade e localização das fontes de semente, dispersão e processos pós-dispersão no padrão espacial das árvores da Mata Atlântica no litoral norte do Estado de São Paulo

Processo: 11/00832-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de julho de 2011
Vigência (Término): 28 de fevereiro de 2013
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Ecologia - Ecologia Teórica
Pesquisador responsável:Flavio Antonio Maës dos Santos
Beneficiário:Valéria Forni Martins
Instituição-sede: Instituto de Biologia (IB). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Bolsa(s) vinculada(s):12/02012-3 - Determinação dos fatores que influenciam a estrutura espacial das árvores da Mata Atlântica utilizando-se a estatística O-ring, BE.EP.PD
Assunto(s):Interação

Resumo

Espécies arbóreas tropicais dióicas e que ocorrem em baixas densidades tendem a ser mais agregadas do que as monóicas e as mais densas. Além disto, espécies com mecanismos para dispersão a longa distância são menos agregadas do que as com mecanismos que favorecem a dispersão limitada. Por último, a heterogeneidade ambiental e as interações positivas levam à maior agregação dos indivíduos grandes em relação aos menores; interações negativas resultam em um padrão contrário. Cada um destes fatores opera em diferentes escalas espaciais, de forma a existir uma agregação hierárquica das populações. O objetivo deste estudo é determinar como cada fator contribui para a distribuição das árvores da Mata Atlântica em 14 ha do Parque Estadual da Serra do Mar, litoral norte do estado de São Paulo. Para isto, será utilizada a estatística O-ring (substitui os círculos da função K por anéis, não sendo uma função cumulativa) para a determinação do padrão espacial das espécies, visando responder se: (1) populações com menor densidade de indivíduos são mais agregadas do que as mais densas, (2) populações de espécies dióicas são mais agregadas do que as de espécies monóicas, (3) populações de espécies com síndromes que favorecem a dispersão limitada são mais agregadas do que as de espécies com síndromes que possibilitam a dispersão a longa distância, e (4) indivíduos maiores são mais ou menos agregados do que os menores em escalas que correspondem às em que operam os diferentes fatores que resultam em heterogeneidade ambiental e as interações negativas e positivas.

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
MARTINS, VALERIA FORNI; DOS SANTOS SEGER, GUILHERME DUBAL; WIEGAND, THORSTEN; MAES DOS SANTOS, FLAVIO ANTONIO. Phylogeny contributes more than site characteristics and traits to the spatial distribution pattern of tropical tree populations. OIKOS, v. 127, n. 9, p. 1368-1379, SEP 2018. Citações Web of Science: 1.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.