Busca avançada
Ano de início
Entree

Plutarco e a teoria platônica do amor

Processo: 11/01659-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de maio de 2011
Vigência (Término): 30 de abril de 2012
Área do conhecimento:Linguística, Letras e Artes - Letras - Literaturas Clássicas
Pesquisador responsável:José Antonio Alves Torrano
Beneficiário:Maria Aparecida de Oliveira Silva
Instituição-sede: Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas (FFLCH). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Platão   Amor

Resumo

O tratado "Diálogo sobre o amor" é a única obra de Plutarco dedicada à reflexão sobre a natureza do amor. A leitura do diálogo plutarquiano remete o leitor à teoria do amor proposta por Platão, em razão das similitudes existentes entre os conceitos discutidos em "Diálogo sobre o amor" e os contidos especialmente no diálogo platônico "Fedro", secundado pelo "Banquete", e em menor escala em "Fédon", "Leis" e "República". Assim, como objetivos centrais de nosso projeto, propomos o estudo da influência da teoria platônica do amor e desses diálogos na estrutura do diálogo de Plutarco, bem como na construção de sua própria teoria do amor. Tal procedimento visa analisar as transformações e as permanências da concepção grega de amor expressa na literatura de gregos e romanos, que implica, em última instância, um recorte para o entendimento de parte da história da sexualidade humana. Sob essa perspectiva, faz-se mister a tradução do tratado em epígrafe, de acordo com a proposta de nosso projeto. Vale destacar que se tratará da primeira tradução brasileira de "Diálogo sobre o amor". (AU)