Busca avançada
Ano de início
Entree

Transferibilidade de loci de microssatélites em aves da família Cracidae (Galliformes)

Processo: 11/06210-1
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de maio de 2011
Vigência (Término): 31 de dezembro de 2012
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Genética - Genética Animal
Pesquisador responsável:Mercival Roberto Francisco
Beneficiário:Mariellen Cristine Costa
Instituição-sede: Centro de Ciências e Tecnologias para a Sustentabilidade (CCTS). Universidade Federal de São Carlos (UFSCAR). Sorocaba , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:08/51197-0 - Estudos da variabilidade genética de Cracídeos brasileiros ameaçados de extinção (Aves, Galliformes), como subsídios para a conservação ex situ, AP.JP
Assunto(s):Galliformes   Conservação   Repetições de microssatélites   Aves   Cracidae

Resumo

A família Cracidae é constituída por aves cujo porte varia de pequeno (alguns representantes do gênero Ortalis) a grande (mutuns dos gêneros Pauxi e Crax) que habitam predominantemente o interior de áreas florestais neotropicais. Um número crescente de trabalhos tem ressaltado a importância dos cracídeos para a manutenção da dinâmica das florestas. Além disso, por serem altamente sensíveis às ações antrópicas e facilmente detectáveis em censos de campo, têm sido apontados como importantes bioindicadores para o manejo e criação de unidades de conservação. No entanto, dentre as aves neotropicais, esta família é considerada como sendo a mais ameaçada. Vinte e quatro das 50 espécies existentes, além de oito subespécies, encontram-se sob alguma categoria de ameaça, e as principais causas deste declínio são a caça e a destruição de seus habitats naturais. Uma estratégia que tem se demonstrado eficiente na conservação de espécies deste grupo é a reprodução em cativeiro. No entanto, um dos grandes desafios para a propagação em longo prazo de animais Ex Situ é amenizar a perda de diversidade alélica e de heterozigose. A aplicação de técnicas de genética molecular torna possível o manejo da diversidade genética das populações cativas, de maneira a se preservar a maior variação possível ao longo das gerações. Para isto, os marcadores de microssatélites têm sido os mais indicados. Um dos impedimentos para a disseminação do uso deste tipo de marcador é a necessidade de isolá-los para cada espécie que esteja sendo analisada pela primeira vez, dado que se trata de um processo custoso e que demanda tempo. No entanto, loci previamente isolados têm grandes probabilidades de funcionar satisfatoriamente quando aplicados a espécies filogeneticamente próximas. Diante disso, os objetivos deste projeto são: Verificar a transferibilidade dos loci de microssatélites isolados para Pauxi mitu, P. tuberosa e A. jacutinga uns nos outros, bem como em outros representantes ameaçados da família Cracidae, como por exemplo o mutum-do-sudeste, Crax blumembachii. Com isto, pretende-se fornecer subsídios para a implementação de programas de monitoramento genético num painel de espécies.

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
OLIVEIRA-, JR., PAULO R. R.; COSTA, MARIELLEN C.; SILVEIRA, LUIS F.; FRANCISCO, MERCIVAL R. Genetic Guidelines for Captive Breeding and Reintroductions of the Endangered Black-Fronted Piping Guan, Aburria jacutinga (Galliformes, Cracidae), an Atlantic Forest Endemic. ZOO BIOLOGY, v. 35, n. 4, p. 313-318, JUL-AUG 2016. Citações Web of Science: 0.
COSTA, M. C.; CAMARGO, C.; LAGANARO, N. M.; OLIVEIRA, JR., P. R. R.; DAVANCO, P. V.; AZEREDO, R. M. A.; SIMPSON, J. G. P.; SILVEIRA, L. F.; FRANCISCO, M. R. A suite of microsatellite markers for genetic management of captive cracids (Aves, Galliformes). Genetics and Molecular Research, v. 13, n. 4, p. 9867-9873, 2014. Citações Web of Science: 2.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.