Busca avançada
Ano de início
Entree

Estudo bio-direcionado dos extratos vegetais de Mikania glomerata, Casearia sylvestris e Mandevilla velutina sobre as ações tóxicas induzidas por venenos de serpentes: caracterização fitoquímica, farmacológica e histopatológica

Processo: 04/01856-7
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Programa Capacitação - Treinamento Técnico
Vigência (Início): 01 de abril de 2004
Vigência (Término): 31 de março de 2005
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Química - Química Orgânica
Pesquisador responsável:Paulo Sérgio Pereira
Beneficiário:Vanessa Colnaghi Fernandes
Instituição-sede: Centro de Ciências Exatas, Naturais e Tecnológicas. Universidade de Ribeirão Preto (UNAERP). Ribeirão Preto , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:03/01312-4 - Estudo bio-direcionado dos extratos vegetais de Mikania glomerata, Casearia Sylvestris e Mandevilla velutina sobre as ações tóxicas induzidas por venenos de serpentes: caracterização fitoquímica, farmacológica e histopatológica, AP.R
Assunto(s):Toxicidade   Venenos de serpentes   Cromatografia de afinidade

Resumo

O trabalho propõe a avaliação da atividade antiofídica dos extratos brutos, frações e princípios ativos isolados das plantas Mikania glomerata, Casearia sylvestris e Mandevilla velutina contra os venenos de Bothrops jararacussu e Crotalus durissus terrificus. Neste estudo serão avaliadas diversas atividades tóxicas, farmacológicas e histopatológicas induzidas por estes venenos, e suas toxinas isoladas, na presença e ausência de extratos e/ou princípios ativos vegetais. Os ensaios farmacológicos (toxicidade, edema, algesia e analgesia) e histopatológicos (microscopia óptica e eletrônica) serão mais estudados para avaliar melhor a atividade antiofídica destes extratos. Além disso, será utilizada cromatografia por afinidade para o isolamento de inibidores de fosfolipases A2. De igual forma, efetuar-se-á a introdução destas espécies vegetais em um banco de germoplasma, garantindo que ao obter-se resultados promissores, haja matéria-prima com diversidade para estudos de manejo e produção da planta de potencial fitoterápico. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)